Estados Unidos liberam entrada de brasileiros com teste negativo para covid-19

estados unidos

O presidente norte-americano Donald Trump revogou hoje (18) a restrição que impedia viajantes internacionais com origem ou passagem por determinados países a ingressar em seu território. A medida, em vigor desde maio de 2020, será suspensa no próximo dia 26 de janeiro e permitirá a entrada de viajantes brasileiros, britânicos, irlandeses e de cidadãos do espaço europeu de Schengen nos Estados Unidos.

Todos deverão comprovar resultado negativo em teste para covid-19, seguindo a regra estipulada pelo Centro de Controle de Doenças (CDC, da sigla em inglês) e divulgada pela Casa Branca no dia 12 de janeiro. O teste deve ser feito três dias antes da viagem e, no caso de pacientes que tenham contraído a doença, o passageiro poderá levar documentação que comprove a recuperação.

Jen Psaki, futura secretária de imprensa do presidente eleito Joe Biden, escreveu em sua conta no Twitter que a nova administração não tem intenções de dar continuidade à proclamação de Trump. “Com a pandemia piorando e novas variantes surgindo, não é hora de reduzir as restrições nas viagens internacionais”, escreveu a porta-voz.

Confira a íntegra do decreto publicado pela Casa Branca hoje.

Deixe uma resposta