Estados Unidos são a maior economia do turismo, aponta WTTC

0

Os Estados Unidos se mantiveram como a maior economia de viagens e turismo do mundo. Apesar de uma estagnação dos visitantes chineses, o país contribuiu com US$ 1,6 trilhão para o PIB mundial – seja por meio da recepção ou emissão de turistas.

A informação, aliás, foi confirmada pelo mais recente relatório da World Travel & Tourism Council (WTTC). Assim, de acordo com o relatório, o valor representa 7,8% do PIB estadunidense. Além disso, o setor no país demonstrou um crescimento de 2,2% – considerando a inflação.

LEIA MAIS:
+ Voos para Estados Unidos têm novos procedimentos de segurança
+ Brasil é finalista de prêmio de sustentabilidade da WTTC pela 3ª vez
+ WTTC e ONU anunciam parceria para combater as mudanças climáticas

“O setor tem sido um motor consistente de emprego nos Estados Unidos. Ele gera empregos, impulsiona as exportações e gera prosperidade. Sua contínua resiliência e nossas projeções de crescimento servem para destacar a importância do setor para a economia”, destacou a residente e CEO do WTTC, Gloria Guevara.

Visitantes chineses

Depois de registrar um crescimento médio anual de 23% em relação à década anterior, as viagens chinesas ficaram estáveis em 2018. Em parte, o resultado devido às tensões comerciais entre os Estados Unidos e China.

Ademais, os visitantes chineses representam 4% do total de visitantes dos Estados Unidos. Eles, porém, também respondem por 11% de todos os gastos, demonstrando sua importância econômica para o país.

“O número de visitantes internacionais da China ficou estável ano a ano. O que foi causado, em parte, pela deterioração das relações comerciais entre os dois países. Dada a importância econômica dos visitantes chineses, qualquer degelo nas relações comerciais entre os dois países teria um efeito positivo para a economia mais ampla dos Estados Unidos”, comentou Glória.

Outros números

A análise deste ano para os Estados Unidos mostra que o impacto direto, indireto e induzido de Viagens e Turismo representou:

  • US$ 1,595 bilhão, 7,8% do PIB dos Estados Unidos (aumento real de 2,2% ao ano);
  • 15,6 milhões de empregos;
  • US$ 198,8 bilhões em gastos de visitantes internacionais (redução anual de 0,9%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here