Estudo: 58% dos chineses dão preferência às viagens domésticas

De acordo com relatório feito pela consultoria Oliver Wyman, 60% dos viajantes não mudarão os planos de viagens para o restante do ano

A China já demonstra sinais de recuperação no setor de Turismo. Os planos de viagens da maioria dos chineses não foram afetados, já que, segundo uma sondagem da Oliver Wyman, 60% dos viajantes não mudarão os deslocamentos já programados para o restante do ano. Além disso, o estudo revela que 58% darão preferência às viagens domésticas após a pandemia, com a maioria disposta a aumentar os orçamentos com viagens.

O relatório também mostra que 77% dos entrevistados estão priorizando destinos domésticos para a sua primeira viagem depois da epidemia da covid-19, levando em consideração suas exposições a risco à saúde ao escolher seus próximos destinos. Yunnan, Beijing e Chongqing estão entre os dez destinos domésticos mais populares em lista de desejos dos viajantes.

No âmbito internacional, 57% dos entrevistados afirmam que suas primeiras viagens após a pandemia seria para um país asiático, ou seja, da mesma região, superando destinos como Oceania e Europa.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui