Europa perde participação do mercado e cresce abaixo da média global

Segundo análise do WTTC, a União Europeia cresceu apenas 2,7%, 1,2 pontos percentuais a abaixo do que fora registrado na média global

0

A Europa ainda pode atrair os turistas internacionais, mas o destino está perdendo a participação do mercado, segundo Gloria Guevara, presidente e CEO do World Travel & Tourismo Council. Segundo ela, apesar da popularidade, “o crescimento não está no mesmo nível da média.”

O setor de viagens e turismo cresceu a uma média global de 3,9% no ano passado, enquanto a taxa de crescimento na União Europeia foi de apenas 2,7%. Ao mesmo tempo, destinos asiáticos estão tendo um desempenho muito mais forte, com a China crescendo 7,3%, a índia com aumento de 6,7% e a Tailândia com acréscimo de 6%.


LEIA MAIS:
+ Chegadas internacionais na Europa cresceram 6% em 2018
+ Air Europa conectará brasileiros à Tunísia a partir de Madrid
+ Brexit: Europa pode perder 700 mil empregos ligados ao turismo

Ainda segundo o conselho, no Reino Unido, os gatos dos visitantes internacionais caíram quase 10% em 2018, resultando em um crescimento tímido de 1% na economia do turismo do destino. “Talvez as pessoas estão esperando para ver o que vai acontecer com o Brexit e eles não estavam viajando”, disse Gloria.

A expectativa é que este ano seja melhor, mas apena ligeiramente, com previsão de crescimento de 1,4%, ainda menor do que a estimativa global de 3,6%, e a previsão da União Europeia de crescimento de 2,4%.

Um relatório separado, divulgado pela European Travel Comission em fevereiro, mostrou que as chegadas internacionais ao Reino Unido caíram 5,3% em relação ao ano anterior nos primeiros nove meses de 2018, resultando em um aumento significativo em 2017.

O cenário era melhor para a Espanha, onde a economia do turismo cresceu 2,4% para contribuir com US$ 211 bilhões para o produto interno bruto. Esse aumento deve acelerar para 2,8% este ano. Os gastos dos visitantes internacionais aumentaram 2,7%, chegando a US$ 82,1 bilhões, segundo pesquisa da WTTC.

Já a economia de viagens e turismo da Alemanha cresceu apenas 1,2% para contribuiu com US$ 305 bilhões para o PIB do país. Espera-se que a taxa de crescimento suba ligeiramente este ano para 1,9%. Os gastos dos visitantes internacionais aumentaram 2%, totalizando US$ 54,8 bilhões.


LEIA TAMBÉM:
- Club Med oferece desconto para temporada de neve da Europa em 2020
- Air Europa terá nova classe executiva até o fim do ano; confiraMSC divulga saídas para a travessia Brasil – Europa; Confira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here