Início Mercado Locadoras Europcar desembarca no Brasil e projeta ser a quarta do mercado até...

Europcar desembarca no Brasil e projeta ser a quarta do mercado até o fim do ano

Paulo Gaba Jr. e Marcus Bernhardt na loja da Avenida Pacaembu

Por Camila Lucchesi

Depois de cinco anos de negociações, a Europcar, líder global em mobilidade, anunciou oficialmente sua chegada ao Brasil. “Não podemos chegar tímidos, precisamos mostrar ao que viemos”, ressaltou Paulo Gaba Jr., CEO da empresa. O acordo foi fechado há uma semana e o evento que o celebrou aconteceu na loja da Avenida Pacaembu, na capital paulista, a primeira franqueada do mundo a seguir a nova identidade corporativa.

A empresa já desembarca por aqui com cinco pontos de venda em funcionamento – nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo (SP); aeroporto e centro de Salvador (BA), além da loja-conceito que foi cenário para o anúncio. Por meio da aquisição da Yes Rent a Car, a rede será ampliada para 49 lojas e 68 pontos de venda em 15 estados e no Distrito Federal, a partir de 1 de julho. “Chegamos para brigar pela quarta posição no segmento no Brasil e vamos conquistá-la ainda neste ano”, afirmou.

O executivo, que tem 29 anos de experiência nesse segmento, projeta a expansão para 100 lojas próprias ou franqueadas em todo o território nacional, com forte presença no interior graças à boa penetração da Yes, até o final deste ano. A frota atual de 3,5 mil veículos em 20 categorias diferentes chegará a 5 mil até dezembro, segundo ele. “O Brasil é um mercado maduro para a locação, hoje já existem 23 milhões de usuários ativos nesse segmento em constante crescimento. Mas pretendemos ir além. Somos uma empresa que oferece soluções em mobilidade, incluindo diferentes modais”, explicou.

Assim, a Europcar Brasil chega com bandeiras que englobam desde o compartilhamento de veículos até o aluguel de carros híbridos, motos e bicicletas elétricas que podem ser reservadas por dias ou por horas. A atuação compreende marcas premium – com possibilidade de locação de carros de luxo com motorista, por exemplo – e opções de perfil econômico, sempre com um toque de inovação. “Um modelo inovador é o car sharing corporativo que permite a divisão dos valores em diferentes centros de custos de uma mesma empresa”, exemplifica Gaba Jr.

Marcus Bernhardt, diretor de cobertura internacional da companhia e membro do Conselho Consultivo da Europcar, adiantou que São Paulo está na lista de cidades que devem receber a Scootie, startup belga com expertise no aluguel de scooters elétricas. “Elas estão em Londres e outras cidades que têm tráfego carregado. Possivelmente virão para cá”, disse.

 

Expansão global

A estreia no Brasil faz parte de um plano maior de expansão em nível global. Neste ano, a Europcar adquiriu a alemã Buchbinder – especializada em utilitários – e a espanhola Gold Car – focada em low coast. Em 2017, a gigante da locação tornou-se parceira da chinesa Shouqi, o que deu ainda mais relevância às alianças globais consolidadas em 2013 com Advantage Rent a Car (EUA), Discount Vans & Trucks (Canadá) e Times (Japão).

A marca tem hoje uma base de 6.5 milhões de clientes regulares – aqueles que realizam ao menos duas reservas por ano – nos mais de 130 países onde atua, incluindo nossos vizinhos sul-americanos. “Faltava o Brasil nesse mapa”, reforçou Bernhardt. Para crescer por aqui, a Europcar Brasil aposta em uma estratégia que passa longe da guerra de preços. “Não temos a pretensão de sermos os mais baratos, prezamos pela proximidade com o cliente. É preciso manter o padrão e a oferta que já é conhecida pelos viajantes internacionais”, defendeu Gaba Jr.

A base de atuação será uma combinação de presença maciça e qualidade de serviço com alto valor agregado e consequente fidelização. “Mais do que trocar a cor do carpete, alterar o sistema e padronizar o uniforme, é preciso fazer o aculturamento. Precisamos saber onde pisar para iniciar as operações e trazer para o Brasil não só as melhores soluções mundiais, mas as que se aplicam ao nosso mercado”, disse.

Promoções futuras

Parcerias com a rede de hotéis Accor e com as aéreas Lufthansa e Emirates premiam os clientes frequentes com milhas, descontos em hospedagens e promoções especiais. “Vamos usar de todas as nossas parcerias globais para atender os clientes com propriedade como já acontece no resto do mundo”, disse Gaba Jr., adiantando que a primeira ação no Brasil deverá ser a possibilidade de retirar o veículo em um ponto de venda e devolvê-lo nos hotéis Accor, sem cobrança de taxas. “Isso se aplica ao nosso conceito de prover mobilidade”, defende, reforçando que a proposta ainda está em aprovação.

A empresa irá trabalhar em parceria com os agentes de viagens, oferecendo treinamentos sobre os produtos para que o profissional entenda as diferenças e encontre a melhor solução para o viajante, dentre as marcas que compõem o grupo. O calendário ainda não está definido. Gaba Jr. informa ainda que serão conduzidas ações específicas e planos de incentivo para esse canal de venda.

 

 

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui