Evento da IGLTA em São Paulo apresenta o Japão como destino LGBT

Em evento promovido na manhã desta terça (10) na Japan House, em São Paulo, a IGLTA (Associação Internacional de Turismo LGBT), e seus parceiros apresentaram os atrativos do Japão para este nicho de público.

Shintaro Koizumi, da Out Asia Travel, agência especializada em roteiros LGBT no Japão, e embaixador da IGLTA em Tóquio, falou de curiosidades sobre a vida LGBT no país que fica do outro lado do mundo.

Shintaro Koizumi e Hiromi Thetreau, da Out Asia Travel

“Existem cerca de 500 bares LGBT no Japão. Não são tão grandes como os brasileiros, lá há locais com capacidade para entre 10 e 15 pessoas, mas há estabelecimentos de todos os tipos, como bares LGBT especializados em saquê”, diz Koizumi.

A empresa realiza viagens de vários tipos, inclusive de grupos de ursos, como são conhecidos os homens gays gordinhos e barbudos, e também roteiros de luxo.

Ele apresentou a Out Asia Travel ao lado de Hiromi Thetreau, representante da agência para a América, que fica baseada em Los Angeles.
Saindo do Brasil

No Brasil, a TGK Travel, que tem mais de 25 anos de mercado, é uma agência que criou um projeto específico para o público LGBT. A empresa criou o selo Pride para classificar roteiros que atendam a esse nicho, segundo Juliano Ferrari, e um deles é o do Japão.

Marcia Uehara, também da TGK Travel, mostrou algumas das opções de passeio no país oriental, como andar de barco na baía de Tóquio, conhecer o Templo Sensoji, o mais antigo da capital, e o bairro tecnológico, Akihabara.

Convenção IGLTA será em Toronto, em 2018

Durante o evento, John Tanzella, presidente da IGLTA, e Clovis Casemiro, representante da associação no Brasil, apresentaram o trabalho realizado em 34 anos de atuação e convidaram os presentes a participar da 35ª Convenção IGLTA, realizada de 9 a 12 de maio de 2018, em Toronto, Canadá.

“O turismo LGBT é muito diversificado e compreende casais, famílias, aventureiros, pessoas que viajam sozinhas, em grupo, que busca cruzeiros, enfim, há muitas oportunidades”, afirmou Tanzella.

Casemiro disse que a entidade começou um trabalho de aproximação com os resorts para prepará-los para uma nova realidade: casais LGBT com filhos. “A adoção por homossexuais está avançando rapidamente no Brasil e os resorts precisam saber lidar com famílias com dois pais ou duas mães”, disse.

A IGLTA também está mudando seu posicionamento nas redes sociais para se tornar um canal de comunicação direto com o consumidor final, e não mais direcionado às empresas, como era até então.

Sandra Passetto, representante de vendas da Air Canada, também marcou presença no evento reforçando o convite para a próxima Convenção da IGLTA e apresentando as rotas da companhia aérea, que foi eleita pelo 5º ano consecutivo como a melhor da América do Norte, para o Japão.

 

Deixe uma resposta