Milessis Operadora leva agentes para famtour em Puglia, na Itália

Uma surpresa todos os dias

0
Formação calcária conhecida como Pizzomunno, em Vieste.

O famtour que a Milessis Operadora realizou na Puglia vai deixar, além de saudades, um conhecimento forte para as agências que tiveram a oportunidade de participar. Foram oito dias intensos de experiências incríveis, que era quase difícil acreditar que seria possível haver outra melhor. Um prato cheio de novidades para oferecer aos clientes na volta.

Portal de entrada de Lecce, na Puglia

Depois dos três primeiros dias de paisagens alucinantes como a de Polignano a Mare, chegou a vez de Lecce. Linda, com um patrimônio artístico incalculável e o seu centro histórico em estilo barroco. De lá, um passeio por Galantina, onde está uma das maiores obras primas do renascimento italiano, a Basílica de Santa Caterina de Alessandria. As cidades são ótimos passeios, mas a experiência do dia foi deliciosa – em todos os sentidos.

Aula de culinária em Galantone, na Puglia

O grupo participou de uma aula de culinária com uma nonna italiana, a Donna Anna, na propriedade da família dela, chamada Empresa Agrícola Tenuta Donna Anna. Foi dia de literalmente colocar a mão na massa. Donna Anna é uma matriarca que além de cozinhar, faz o próprio macarrão. E ensina a fazer. Foi dia de conhecer as farinhas italianas, amassar, cortar e modelar a massa típica da região, o Orecchiette.

Milessis promove famtour em Puglia, Itália

Claro que depois todos saborearam as delicias da Donna Anna, o macarrão ao molho de tomate com muito queijo, a muçarela feita em casa e os legumes frescos, colhidos da horta. Mas, como quem vai para um famtour não pode parar, a digestão não poderia ser feita de melhor maneira – um trekking para o ponto mais oriental da Italia, o Capo d’Otranto.

Nem todo o grupo se atreveu a colocar os pés na terra para a caminhada, mas quem topou o desafio teve a chance de avistar uma linda paisagem do ponto onde se juntam os mares Adriático e Jônico. Emocionante. Em dias de céu claro e poucas nuvens, é possível avistar a Albânia.

Rumo ao norte da Puglia

E o quinto dia amanheceu com paisagem diferente, bem ao Norte da Puglia, na cidade de Vieste, na Região do Gargano. O representante da Puglia Promozione na região, Luigi Fusco, explicou que a região do balneário foi onde começou o desenvolvimento do turismo na Puglia.

Voltado especialmente para o verão, os hotéis, restaurantes e praticamente toda a infra-estrutura turística opera apenas de abril a setembro. No resto do ano, fica fechada e a cidade vive de agricultura e pesca. O cenários com suas falésias brancas é magnifíco e transformar a cidade no balneário de sol e mar, principalmente para turistas da própria Itália e norte da Europa. Com tudo fechado, o dia foi inteiro de reconhecimento dos hotéis e propriedades da região.

Falar em comer bem na Itália é redundância e é por isso que um Famtour cuidadoso faz a diferença na preparação dos agentes de viagem. O restaurante do almoço é um achado de cinema. Dava a impressão que o Leonardo di Caprio ou Jude Law iriam entrar a qualquer momento. A beira mar, com vista para um Trabuco, que é um equipamento de pesca, e vários barcos em uma marina protegida. O nome é Il Capriccio, do chef Leonardo Vescera, que eleva a culinária ao estado da arte. Mas não bastava o almoço.

Já era noite quando o grupo partiu para a charmosíssima Peschici para mais uma visita de hotel. Era o prenúncio de que o dia havia acabado, mas, além do Gusmay Resort ter surpreendido pela exclusividade, o seu proprietário acompanhou o grupo a um jantar no Porta di Basso, um pequeno bistro de poucas mesas, mas um charme e uma vista imperdíveis. Além disso, o chef Domenico Cilenti é focada em criar pratos típicos do sul da Itália com produtos inteiramente orgânicos e biodinâmicos que sejam também da região, respeitando a sua sazonalidade. E ali que essas agências também acharam uma hospedagem inusitada. O restaurante administra três acomodações exclusivas, com vistas para o mar. Mais exclusividade, impossível.

Um conde de verdade

Depois de tantas experiências fascinantes, os vinhos e os azeites ainda estavam por vir. No primeiro dia da primavera de 2019, a Cantina Conte Spagnoletti Zeuli, na região de Andria, recebeu o grupo de brasileiros com a música Primavera, de Vivaldi, para uma visita à adega e à fábrica de seus vinhos, que foi seguida de degustação. O anfitrião, Onofrio Spagnoletti Zeuli, Conde de Andria, fez questão de receber o grupo para contar como aplica técnicas modernas e sustentáveis para a fabricação do vinho e do azeite em tempos atuais. Chegou a hora de visitar Trani e seu centro histórico e mais uma surpresa. Uma cidade linda, movimentada, cheia de vida. Uma joia quase intocada.

No penúltimo dia do famtour pela Puglia, conhecer um Castelo poderia ser só mais um programa de roteiro, mas, além de conhecer a história do Castel del Monte, uma obra para ostentar a riqueza e o poder de Federico II na Idade Média, mas o grupo o fez com vista de cima, a bordo de um balão. O grupo foi um dos, senão o primeiro, grupo a voar de balão na região. A ideia é incluir a atividade como uma opção de passeio.

Do balão ao azeite, os agentes de viagem puderam testar a experiência de visitar uma empresa que fabrica azeite na Puglia. A região é reconhecida pelo número de oliveiras e seu azeite é reconhecido entre os melhores da Europa. São cerca de 50 milhões de árvores.

E chegava o ultimo dia. Finalmente o grupo faria um city tour em Bari, a maior cidade da Puglia, com cerca de 320 mil habitantes. É onde está o aeroporto mais movimentado da região e também o centro comercial. Mas, como este famtou não deixou de surpreender em cada minuto, até o city tour trouxe uma experiência transformadora – um passeio de bicicletas elétricas, parecidas com os tuk tuks da Índia e do Marrocos. Isso sim que é despedida.

 

Saiba mais sobre a Puglia

 

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here