Farol Santander SP reabre para visitação com novidade; confira

O atrativo retoma as atividades com a fachada restaurada, novos espaços expositivos e obra de Flávia Junqueira

farol santander
Exposição Revoada. Foto: Bruno Leão

A partir de sexta-feira (16) o Farol Santander retomará a recepção de visitantes com 60% da capacidade de público. O atrativo na capital paulista oferece novos espaços de exposição entre os 23º e 26º andares, disponíveis para visitação das 13h às 19h, de terça a domingo.

 “Após a adequação das nossas instalações e de restauro do simbólico prédio, estamos prontos para voltar a proporcionar, com toda a segurança, as experiências imersivas que consolidaram o Farol como destino obrigatório para paulistanos e turistas que amam a arte e que querem conhecer melhor a história de uma das maiores metrópoles do mundo”, afirma Patricia Audi, vice-presidente Executiva de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil.

Os novos espaços expositivos exibem pinturas de Raquel Gorzalka, artista plástica paulista, que permitem a interação. Há também, a mostra “Revoada”, de Flávia Junqueira disponível no 24° andar. Já no piso, o visitante encontra adesivos com frases como “Venha para DiverCIDADE SP” e “Mais Amor em São Paulo Por Favor”. Instalação no espaço de entrada do Farol consiste em uma cenografia lúdica e imersiva, com balões de vidro coloridos suspensos a partir do teto.

No 24° andar, todo o espaço foi coberto por paredes e teto que refletem os balões de festa que ficam espalhados por todo o local. Há também cavalos de carrossel que criam ambientes interativos e de vivências lúdicas. 

Outra opção é a exposição “Devaneios – Os Mundos de JeeYoung Lee”, com trabalhos de JeeYoung Lee e direção artística de Facundo Guerra, que começou em 14 de fevereiro, continuará aberta a visitações até 15 de novembro.  

Apresentada pelo Ministério da Cidadania e pelo Santander, via Lei de Incentivo à Cultura, a exposição inédita no Brasil apresenta as instalações The Panic Room (O Quarto do Pânico) e My Chemical Romance (Meu Romance Químico) ocupando o 22º andar do edifício.  “O acesso à cultura é uma necessidade básica, mas só poderíamos reabrir o Farol Santander quando tivéssemos certeza que a saúde de nossos visitantes e funcionários seria preservada”, ressalta Patrícia.


Deixe uma resposta