FBHA dá seu parecer a respeito da Covid-19 e as ações no Turismo

O presidente da entidade, Alexandre Sampaio, enviou uma nota para esclarecer sua atuação durante a crise instaurada no setor por conta da pandemia mundial

Alexandre Sampaio, presidente do conselho de Turismo da CNC e da FBHA
Alexandre Sampaio, presidente do conselho de Turismo da CNC e da FBHA

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) divulgou, por meio de seu presidente Alexandre Sampaio, uma nota falando de ações relacionadas ao impacto do novo coronavírus (Covid-19) no País. De acordo com ele, desde o primeiro caso, a entidade procurou o Governo Federal em busca de apoio.

“Negociamos para que medidas urgentes e necessárias sejam adotadas para tentar minimizar os efeitos da crise sobre o Turismo”, diz. Segundo Sampaio, reuniões para formular ações de ajuda já foram realizadas com o trade, incluindo Ministério do Turismo e da Economia.

Além de levar reivindicações às equipes das pastas citadas, a federação criou um grupo de controle da crise da Covid-19 no MTur. “Isso é para todos os dias poderem ter o acompanhamento e serem apresentadas novas medidas de acordo com as necessidades”, afirma.

O grupo dividiu a atuação em três frentes:

  1. relações trabalhistas;
  2. recolhimento de tributos;
  3. obtenção de crédito.

A FBHA ficou encarregada de encaminhar dois artigos a serem inseridos na Medida Provisória para gerir a crise. Um tem como objetivo possibilitar a suspensão dos contratos de trabalho durante a manutenção da epidemia e outro em que as reservas canceladas se transformem em crédito aos clientes.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui