FBHA debate impulso do setor com Comissão da Câmara dos Deputados

Alexandre Sampaio, presidente da FBHA, defende impulso do setor com empresas e instituições do setor e integração de cassinos em hotéis

Alexandre Sampaio, presidente da FBHA
Alexandre Sampaio, presidente da FBHA

Na última terça (16), Alexandre Sampaio, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), esteve presente na videoconferência com João Carlos Bacelar, novo presidente da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados. O encontro teve o objetivo de impulsionar o turismo nos estados a partir de avaliação com empresas e instituições do setor, com a construção de uma agenda única nacional. Além disso, buscou apresentar outras estratégias para mitigar os impactos advindos da crise provocada pela covid-19.

“Queremos construir, de modo participativo com os stakeholders, 27 documentos de orientação ao poder executivo local, sobre as prioridades para o desenvolvimento do turismo sustentável e ações de curto prazo para fazer frente aos desafios, considerando um norteamento estratégico para médio e longo prazos. E nada mais consonante do que apresentar à Casa de Leis, em especial a comissão que legisla em favor do turismo brasileiro”, conta o representa da FBHA.

Sampaio defende a necessidade de trabalhar pelo Marco Regulatório dos Jogos (PL nº 442/91) como saída para fomentar o Turismo, sobretudo com o setor hoteleiro podendo integrar os cassinos sem seus resorts. “Esse caminho da volta do jogo é necessário para alavancar o turismo brasileiro, contribuindo com a geração de emprego e renda”, destacou.

Bacelar acredita que o plano estratégico é positivo para o setor e vai ao encontro das duas prioridades na Comissão de Turismo. No geral, analisar as tendências, identificar oportunidades e conhecer pontos turísticos para a retomada do segmento nos estados são os principais pontos defendidos na linha de atuação integrada.

“Nossa intenção é construir as bases para a retomada do turismo no país, transformando em um pilar de sustentação do ponto de vista teórico e legislativo, mais modernos, mais realista, junto com o meio acadêmico, as organizações, a sociedade civil, estados, municípios e entidades. E esse planejamento do Cetur tem grande relação com o papel da comissão. Importante que continuemos parceiros para capitalizar todas as grandes ideias para o turismo brasileiro”, enfatizou o deputado.

Ainda de acordo com ele, a comissão ouvirá integrantes do setor para definir estratégias e convidou o Cetur para fazer apresentação para todo o colegiado. Também, disse que, como alternativa a grandes eventos, como carnaval, surgem o turismo religioso, ecológico e a regulamentação dos jogos no país, bandeira defendida pelo parlamentar.

A ideia de Bacelar é propor um requerimento de audiências com integrantes da Caixa Econômica Federal, em parceria com os ministérios da Economia e Turismo, debatendo o Fundo Geral do Turismo (Fungetur) e o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), cujo aval do governo foi apresentado recentemente, com a prorrogação do início dos pagamentos dos auxílios para o empresariado.

O deputado também sugeriu, em conversa com o representante da FBHA, a realização de uma agenda com Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados para tratar as demandas prioritárias para o setor.

Deixe uma resposta