FBHA reforça importância de ações governamentais que auxiliem setor

Em reunião com entidades do segmento, a federação debateu a prorrogação da MP 936, referente a redução de jornada de trabalho e salário

FBHA
(Foto: FBHA)

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) realizou, nesta segunda-feira (11), uma reunião com as entidades do Turismo, juntamente com os deputados Baleia Rossi (MDB/SP), Magda Mofatto (PL/GO), Eduardo Bismarck (PDT/CE), Evair Vieira de Melo (PP/ES), Geninho Zuliani (DEM/SP), Newton Cardoso Jr. (MDB/MG), Arnaldo Jardim (CIDADANIA/SP) e Felipe Carreras (PSB/PE) para solicitar a prorrogação da suspensão de contrato de trabalho e da redução proporcional de jornada e salário, por 180 dias, relativa à MP 936/2020.

“Sabemos que todos os setores da economia estão afetados, mas o segmento voltado ao Turismo terá o processo mais longo de recuperação. Temos uma projeção de 300 mil desempregados e quase R$ 22 bilhões de prejuízo no faturamento em razão dos compromissos que não poderão ser assumidos. Nossa ressalva é voltada à necessidade da prorrogação da MP”, defendeu Alexandre Sampaio, presidente da FBHA, no encontro.

No mesmo dia, Sampaio conversou ontem (11), na reunião do Fornatur, sobre as medidas de segurança para a retomada do setor, ressaltando às necessidades das medidas protetivas, sem que isso inviabilize os pequenos negócios da área de hospedagem e alimentação fora do lar. O encontro contou com a presença de representantes de secretarias de Turismo de todas as regiões do Brasil.

Cadastur

Alguns profissionais têm a oportunidade de se cadastrar no Cadastur e contar com alguns benefícios, como participação de programas e projetos do governo federal e financiamentos. Os interessados podem se cadastrar neste link da seguinte maneira:

  1. Acesse o site www.cadastur.turismo.gov.br;
  2. Crie um “novo usuário” caso ainda não tenha; após isso, você receberá no e-mail cadastrado a senha para acessar o sistema;
  3. Preencha todos os campos solicitados do formulário eletrônico;
  4. Aceite o Termo de Responsabilidade;
  5. Anexe a documentação obrigatória – documentos como foto padrão 3×4 recente e cópia do certificado de conclusão de curso técnico de formação profissional de guia de turismo com carga horária mínima conforme estabelecido no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos são comuns para todos os casos;
  6. Pronto! O requerimento está em análise e aprovação pelo órgão regional. Você será comunicado quando estiver disponível. ⠀⠀

Deixe uma resposta