Festuris registra 5 mil inscritos e 1,5 mil marcas expositoras; saiba mais

Segundo Eduardo Zorzanello, um dos CEOs da feira, a palavra de ordem é recomeço. “Tivemos 45 dias para planejar tudo. Reerguemos das cinzas”

Festuris
Marta Rossi e Eduardo Zorzanello, CEOs da Festuris (Foto: Felipe Lima)

Gramado (RS) – Durante a tarde deste sábado (7), foram divulgados os dados finais da Feira Internacional de Turismo de Gramado – Festuris, que se iniciou na última quinta (5). Para os três dias de evento, que contou com 130 estandes, foram registrados 5 mil participantes inscritos. Além disso, o Festuris calculou 1,5 mil marcas expositoras, 6 mil reuniões agendadas e 28 mil acessos ao aplicativo.

Marta Rossi, uma das CEOs da Festuris, aproveitou o momento para agradecer a todos os presentes, que, apesar das incertezas, “apoiaram a proposta”. Eduardo Zorzanello, sócio de Marta, também agradeceu ao suporte de importantes empresas e gestores, como a Gramadotur e à imprensa.

“Reerguemos das cinzas e recomeçar é a palavra de ordem. Muitos não acreditavam que íamos estar aqui. Apresentamos um evento de alta qualidade que teve, sim, uma redução de expositores e no público. Ano passado, foram 280 do ano passado. Hoje, nosso foco não é número, de fato, é a atitude!”, discursa Zorzanello.  

Para o ano que vem, ainda não há estudos, visto que o evento deste ano ocorreu em um cenário distinto e foi replanejado em 45 dias. “Eu e a Marta ainda precisamos nos reunir neste pós-evento e alinhar alguns projetos do ano que vem”, declara Zorzanello. No entanto, Marta adiantou que alguns segmentos já estão no radar da organização da feira para incluir no próximo ano, como agricultura familiar e turismo rural. “Também acompanharemos as tendências do setor”, completou a executiva.

Apoio de peso

Durante a solenidade de abertura, a Festuris recebeu, de maneira simbólica, a chancela do Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (Ibes), assegurando que este é um evento que segue os devidos protocolos.  De acordo com Vivian Giudice, diretora de Negócios e Mercado, a Festuris é pioneira e certamente pode servir de exemplo para muitos eventos que devem ocorrer.

“Chegamos ao fim do evento, podemos acompanhar todas as etapas de desenvolvimento da feira e gostaria de parabenizar os CEOs que sempre estiveram preocupados com a saúde de todos. Agradeço o convite, por sermos parceiros nesse pioneirismo e que continue seguindo esses passos de segurança e saúde”, comenta a profissional.

Rita Vasconcelos, vice-presidente da Abav-RS, também reforçou a importância do Festuris e da capacitação que o evento ofereceu no Meeting Festuris, que pode auxiliar ainda mais os profissionais para o momento de retomada. “O vírus não vai sair tão cedo de nossa vida, mas não podemos parar. Com treinamento e capacitação, estaremos aptos para o reaquecimento”, comenta.

Marcus Rossi, um dos sócios da Rossi e Zorzanello, destacou, por sua vez, a força da tecnologia no evento, mas ressaltou que tecnologia não é nada sem as pessoas. “A tecnologia vai continuar evoluindo, mas não podemos esquecer que precisamos de gente. Os smartphones estão nas mãos de todos, mas conectando as pessoas. Estamos nos adaptando no Turismo e nas viagens e entendemos que o setor não é o vilão”, afirma.

Rafael Carniel, presidente da Gramadotur, também não perdeu a oportunidade para agradecer pela persistência da Festuris. “Gramado é um destino consolidado. Em 2019, recebemos 9,4 milhões de visitas, sendo 48% da classe A e B. Mas enfrentamos um grande desafio e atuamos como guerreiros que foram enviados para a guerra contra um inimigo desconhecido. A Festuris reinaugura a fase de eventos e demonstra que é possível se adaptar e realizar”, comemora.


Deixe uma resposta