Flexiroam é eleita a melhor provedora de comunicação em viagens em 2018

(Foto: Divulgação)

A Flexiroam foi apontada como a melhor provedora de comunicação em viagens para 2018, durante a premiação World Travel Awards (WTA), realizado em Lisboa, Portugal, no início do mês. A empresa foi escolhida entre outras quatro indicadas e faturou o prêmio.

Trazido para o Brasil e vendido desde maio deste ano, o produto é um adesivo que pode ser colado sobre o chip usual, que transforma o celular em ‘dual sim’. Com recarga através de um aplicativo, ele libera conexão 4G de internet para pacotes que vão de 100 MB a 11 GB em 140 países. Há planos globais e locais, criados sob medida para os viajantes brasileiros.

“Como a empresa é de inteligência, o cliente vai perceber que ao longo do relacionamento o produto vai sofrendo upgrades, ganhando novas opções, novas ferramentas, tudo de acordo com o feedback dos viajantes. Ela tem ações na bolsa da Austrália, é uma empresa de capital aberto, isso dá foco em governança corporativa, principalmente em relação a preocupação com o cliente”, explicou Valeria Carrete, diretora de desenvolvimento de negócios e parcerias estratégicas da SPI Voice, que cuida da Flexiroam no Brasil.

Com um ano e meio de vida – considerando um ano de testes –, a empresa iniciou as vendas em um quiosque no GRU Airport, em São Paulo, mas logo começou a expandir. Entre as conquistas estão duas lojas físicas, uma já em funcionamento no aeroporto de Porto Alegre (RS) e outra, prestes a inaugurar no Galeão (RJ).

Valeria Carrete, do Flexiroam Brasil (Foto: Divulgação)

A busca agora é por encontrar aliados interessados em incrementar o portfólio de vendas com o produto nos setores de seguros, casas de câmbio, operadoras e agências de viagens.  “O produto tem vários modelos e possibilidades de parcerias comerciais, por isso criamos uma diretoria focada somente na rede de parceiros.

Além de ser muito interessante em termos de remuneração para esses parceiros, o consumidor brasileiro precisa ter acesso a esse produto porque quem usa percebe a funcionalidade”, alerta Valéria.

Para atrair os olhares dos consumidores e empresas, ela apresenta o chip a partir de três conceitos: comodidade, conveniência e economia.

“Comodidade porque o cliente instala uma vez e não precisa fazer mais nada, acaba aquele ‘troca-troca’ de chip. O viajante fica totalmente independente pelo aplicativo, ali ele terá o painel de controle dos dados, compras, consulta de coberturas e um número direto para o suporte brasileiro via Whatsapp. Em termos de economia, ele privilegia a compra antecipada de dados com descontos bem agressivos. O viajante que já sabe para onde vai paga até 70% do valor do pacote de dados se realizar a comprar 90 dias antes do embarque”.

Confira mais notícias de Agências e Operadoras.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui