Flórida sente saudade dos brasileiros, diz Dana Young

Dana Young, CEO do Visit Florida

A CEO do Visit Florida, Dana, Young, está satisfeita com o resultado do Brazil Virtual Florida Fest e não vê a hora de voltar a encontrar os brasileiros de novo no Estado. “Os brasileiros fazem falta por aqui. As ruas não são as mesmas sem a alegria dos brasileiros”, disse ela em entrevista ao Brasilturis, no encerramento do evento.

Brasilturis: Como foram esses três dias de do Brazil Virtual Florida Fest?

Dana Young: Estamos muito satisfeitos com o resultado. Tivemos 230 reuniões nesses três dias

Brasilturis: Por que fazer este evento neste momento em que fronteira dos Estados Unidos ainda está fechada para os turistas brasileiros?

Dana Young: Acho que este é o momento mais importante para realizarmos este evento. Estamos 100% comprometidos com o mercado brasileiro, mesmo com as fronteiras fechadas. Mantivemos nosso time no Brasil ao longo da pandemia. É importante para nós seremos sempre lembrados pelos nossos visitantes brasileiros para que eles saibam que sentimos sua falta e que estamos o tempo todo pensando neles. E também para que eles sintam o que vão encontrar na Flórida quando eles puderem voltar.

Brasilturis: E o que eles vão encontrar?

Dana Young: Um lugar muito aberto, maravilhoso e feliz. A Flórida nunca esteve fechada. Estivemos um pouco mais fechados em abril do ano passado, mas em maio já estávamos abertos de novo – os hotéis, as atrações. Foi lento no início porque todos queriam ter certeza de que os protocolos de medidas de segurança e tudo mais estava devidamente em vigor quando reabrimos. E isso já faz mais de um ano.

Brasilturis: O que a Visit Florida está fazendo para envolver todo o mercado na recuperação pós-pandemia?

Dana Young: A Flórida tem recebido um grande número de visitantes. No segundo trimestre de 2021 tivemos um aumento de 6% no número de visitantes em relação a 2019. Estamos vendo muitas pessoas vindo, e descobrimos como fazer muito bem para manter as pessoas seguras e protegidas. Mais – fazê-las se sentirem confortáveis, ao mesmo tempo que lhes oferecemos uma experiência de férias fantástica, em muitos níveis de conforto diferentes.

Brasilturis: O Brasil acabava de se tornar o segundo maior emissor de visitantes para a Flórida no mundo antes da pandemia. Quais são as expectativas da Visit Florida para que isso aconteça novamente? Logo na abertura, ou você acha que demora mais para que isso aconteça?

Dana Young: Tentamos não fazer projeções porque normalmente estariam erradas. Mas definitivamente estamos vendo muita demanda reprimida no Brasil e sabemos que os brasileiros amam a Flórida. As pessoas não têm gasto dinheiro em viagens, então parece fazer sentido que, quando a fronteira abrir e os brasileiros estiverem prontos para viajar, veremos muitos brasileiros na Flórida e estamos muito animados com isso. A Flórida fica mais triste sem a alegria dos brasileiros.

Brasilturis: E quais foram os pontos altos do evento para você?

Dana Young: Os da diversão! O preparo da Key Lime Pie Truffle e a aula de Zumba trouxeram um pouco de alegria para matar a saudade dos nossos amigos brasileiros.

Deixe uma resposta