Flot Operadora comemora Talk Show do Guru e inicia nova temporada

Segundo Eduardo Barbosa, presidente da Flot, a empresa aprendeu a ser audiovisual e se tornou um meio da aproximar fornecedores e clientes

Flot
Eduardo Barbosa, presidente da Flot Operadora

O ano de 2020 foi um período de acelerar o desenvolvimento tecnológico que já era tão abordado e, para a Flot Viagens, foi a hora de colocar a cara nos vídeos. Desde maio, a operadora de turismo promoveu 52 ações de comunicação que tinham como missão unir fornecedores e clientes e conquistou mais de 65 mil visualizações em suas lives e no seu já conhecido Talk Show do Guru.

De acordo com Eduardo Barbosa, presidente da Flot, esta não era uma aposta prevista pela empresa no ano passado e que a entrada no mundo de lives e conteúdos em vídeos foi uma aprendizagem condizente para o momento.

“Não tínhamos essa pegada, nem esse hábito, mas encaramos e acabou funcionando bem. A gente investiu muito em conteúdo textual, alimentando portal com dicas, mas essa parte de conteúdo audiovisual a gente teve que aprender. Não é fácil, principalmente quando não há vendas. Mas queríamos promover união entre nossos fornecedores e os agentes, ver os diferentes cenários. A gente aprendeu fazendo”, comenta o profissional.

Essa ideia em investir em conteúdo audiovisual nasceu após notar um movimento geral do mercado e, sobretudo, após aconselhamento de Luiz Lara, sócio-fundador da Lew’Lara\\TBWA, sobre mostrar a cara e aparecer para o cliente, conforme conta Barbosa em entrevista exclusiva ao Brasilturis Jornal.

“É mostrar para o cliente que estamos ativos e fazer isso por meio das lives é prático. No começo, pensávamos ser algo que em setembro, no máximo outubro, já teria passado. Foi um equívoco. No entanto, entendemos essa necessidade em resistir e levar informações e fizemos isso com nossos parceiros contando como estavam enfrentando a pandemia. Foram 12 encontros assim. Depois decidimos transformar e criar o Talk Show do Guru”, relembra.

Com o Talk Show do Guru, a empresa começou a levar ainda mais informações detalhadas sobre os destinos. Afinal, era preciso ainda instigar os viajantes a continuarem sonhando com seus futuros roteiros. “Então convidamos um nativo ou naturalizado de cada um dos destinos que pudesse apresentar todas as possibilidades que o local oferece, incluindo onde comer, vida noturna, passeios para todos os gostos, entre outros”, detalha.

E o impacto disso tudo? Segundo o presidente da Flot, essa conexão – apesar de digital – fortalece a confiança dos agentes de viagens e, principalmente, auxilia na transmissão de informações, que são essenciais para a hora da venda. “Abrimos as portas de casa para que nosso cliente nos procurasse e falasse suas necessidades. O mesmo ocorreu com os fornecedores, que viram a segurança que passamos”, destaca.

Flot e sua nova temporada digital

As férias acabaram e as informações voltarão a entrar na agenda da Flot Operadora, que inicia, a partir da próxima quarta (3), sua nova série de lives e conteúdos do Talk Show do Guru. O primeiro convidado será Guilherme Paulus, criado da CVC da GJP Hotéis, às 17h, que falará sobre os desafios e tendências da hotelaria no Brasil.

“Nós estamos em um momento de união no turismo e, apesar da ligação dele com a CVC, sabemos da expertise de Guilherme Paulus e que ele tem muito a trazer e compartilhar com os agentes de viagens”, comenta Barbosa.

No dia 10 é a vez da convidada da vez ser Estela Farina, diretora geral da Norwegian Cruise Line no Brasil. A conversa vai abordar o segmento de cruzeiros marítimos e seus desafios nos novos tempos. Excepcionalmente no 18, uma quinta, será a vez da operadora conversar com Tarila Ferro, editora-chefe da Revista Viajar Pelo Mundo, com quem vai abordar tendências dos viajantes sob a ótima do consumidor final.

Após esses três episódios exclusivos, a operadora inicia oficialmente sua nova série sobre destinos, com foco, inicialmente, no Brasil, que será ou Ceará ou Bahia. Diferentemente este ano, a empresa vai promover uma live por semana – enquanto no ano passado eram cerca de duas por semana. Além disso, o tempo será mais curto e reduzirá de uma hora para cerca de 40 minutos.

“Vamos focar nesses primeiros meses nos destinos nacionais e, conforme for passando o tempo, vamos surfando nas aberturas. Não adianta eu falar sobre Itália, por exemplo. Vamos começar com Brasil, abordar até mesmo as cidades menores e que são potenciais destinos turísticos, avançando para a América do Sul e ir expandindo”, estima.

Estão previstas cerca e 44 lives para as próximas semanas, todas às quartas durante o ano. Os bate-papos e encontros acontecerão no Zoom e veiculados no Facebook. Aqueles que não conseguirem acompanhar alguma live poderão assistir todo o conteúdo no Youtube da operadora.

Digitalização por trás das câmeras

A aposta da Flot Operadora no turismo nacional foi no tempo certo, conforme avalia Barbosa. Em meados de 2019, a empresa contratou Simone Rodrigues, que conta com mais de 20 anos experiência no setor e passagem pela Visual Turismo, para desenvolver produtos nacionais. “Nosso objetivo era implementar o nacional e acabou sendo o nosso trabalhar. Fizemos até nova contratação” conta.

Além disso, a operadora repaginou seu site e apresentou ao mercado. “Nosso portal está completamente disponível. Ficou mais amigável, está responsivo para navegação, traz informações… Está bem legal”, se orgulha.

Outra novidade é um portal B2B que tem como função se tornar uma loja virtual para as agências de viagens, que poderão customizar o site com sua própria identidade e que estará disponível 24 horas por dia. “Por ora, vamos focar nos serviços doméstico, mas nossa equipe já está carregando América do Sul e o restante”, adianta.

A nova ferramenta é avaliada por Barbosa como um alento grande e que permite os profissionais a comprarem pacotes ou customizar os roteiros de acordo com as necessidades e desejos de cada viajante.

Deixe uma resposta