Flytour Viagens cresce 36% em vendas em 2016

Na contramão da crise, Flytour Viagens investe no relacionamento com fornecedores e agentes e incrementa vendas nacionais e internacionais superando o ano de 2015

 Um ano de comemorações. Apesar do desaquecimento econômico e da crise política e moral que o Brasil atravessou no ano de 2016, a Flytour Viagens anuncia um crescimento de 36% em vendas de pacotes para destinos nacionais e internacionais.

O aumento da comercialização de produtos e serviços é resultado do relacionamento e da aproximação com a cadeia produtiva, principalmente com fornecedores e agentes de viagens. De acordo com o presidente da Flytour Viagens, Michael Barkoczy, o ano foi muito difícil para todos os segmentos da economia e isso fez com que os elos se aproximassem para fortalecer ainda mais o setor de turismo.

“O crescimento de 36% em vendas sobre o ano de 2015 é resultado do comprometimento da equipe da Flytour Viagens”, disse.  Em 2016, a operadora capacitou aproximadamente cinco mil agentes em todo o Brasil.

RESULTADO
No resultado, o destaque fica para o turismo doméstico, responsável por 65% das vendas em 2016. “Temos muitos destinos vendidos dentro Brasil, mas podemos destacar o Nordeste, seguido da região Sul, Centro Oeste e Sudeste”, contou.

Já o internacional (35% do share), tem como principais destinos o Caribe (Cancun, Aruba e Curaçao); América do Sul (Argentina, Chile e Uruguai); Circuitos na Europa (Londres, França e Itália); Estados Unidos (Miami/Orlando, São Francisco, Los Angeles, Las Vegas e Nova Iorque).

“Além destes destinos podemos destacar a venda de roteiros exóticos pela África, Ásia e Oceania”, emedou o executivo.

EXPECTATIVAS
Em continuidade ao business plan para os próximos anos, a Flytour Viagens projeta um crescimento de mais de 25% em vendas para 2017. “Temos muito trabalho pela frente neste ano de 2017. O país ainda precisa estabilizar sua economia e a confiança das pessoas. Mas nós acreditamos no potencial do Turismo como ferramenta de desenvolvimento econômico. Este ano será um ano de desafios e novidades. Aguardem”, finaliza Michael Barkoczy.

Deixe uma resposta