Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes reforça aposta em marketing

O Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes abordou, em seu primeiro painel, sobre a necessidade de alinhar a estratégia de marketing ao perfil do seu cliente
Mediado por Adriana Paiva, responsável pela Ameris by Nobile, o debate contou com a presença de Geraldo Figueroa, diretor da GF Viagens e Experiência; Waleria Fenato, diretora e consultora da Mark Up Consultoria; Elaine Rodrigues, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Sabre; e Marta Poggi, consultora de Turismo Digital

O primeiro painel do 3º Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes foi “Como fazer o adequado plano de marketing e vendas do seu hotel e garantir quartos cheios o ano todo”.

Mediado por Adriana Paiva, responsável pela Ameris by Nobile, o debate contou com a presença de Geraldo Figueroa, diretor da GF Viagens e Experiência; Waleria Fenato, diretora e consultora da Mark Up Consultoria; Elaine Rodrigues, gerente de Desenvolvimento de Negócios da Sabre; e Marta Poggi, consultora de Turismo Digital.

De acordo com Marta, é necessário ter um olhar atento às ferramentas e as possibilidades são amplas. “Temos várias técnicas e ferramentas à nossa disposição que podemos explorar para ter sucesso. No entanto, é necessário perguntar o que queremos, quem eu quero atender. Quanto mais a gente conhece a nossa persona, mais conhecemos os nosso resultados”, ressalta.

Waleria concorda com Marta quanto à necessidade de delimitar a sua clientela e ainda destaca que é preciso montar cenários futuros, elaborando estratégias que podem gerar lucros para o hotel. “A distribuição é uma parte importante. Não pode faltar no seu plano estratégico. É necessário um alinhamento entre vendas marketing RM. O que eu mais vejo são empreendimentos que tenha uma pessoa que faz tudo, mas precisa de budget, de uma verba específica para isso”, complementa.

Figueroa afirma que é bom alinhar parcerias com digital influencers com o do seu negócio. “Não adianta pegar um profissional com mais de cinco milhões e seguidores com perfil de realizar mochilão e levá-lo ao seu hotel cinco estrelas. Não vai dar certo”, aconselha o profissional, que ainda sugere acompanhar o trabalho desses influencers e se a parceria proporciona resultados.

Por isso, Elaine denota que, por amis que existam muitos canais e haja uma distribuição eletrônica descentralizada, não há a necessidade de estar em todos os canais sem trabalhar bem todas as ferramentas. “É importante identificar o mercado que quero e preciso atingir e alinhar uma estratégias de acordo com meu negócio”, completa.

“Não adianta um plano de marketing maravilhoso sem tempo e sem equipe dentro do meio de hospedagem ou até mesmo terceirizar e não obter resultado. Mesmo quando vai terceirizar, é fundamental que o hoteleiro ou diretor saiba alinhar qual público ele quer, qual linguagem, qual o tipo de conteúdo e o digital tem nos ajudado bastante a mensurar tudo”, diz Marta, que também reforça a necessidade da empresa apostar em presença online. “Se ele não te encontra, ele nem considera ser seu cliente”, finaliza.

Deixe uma resposta