Fungetur financia R$ 71,7 milhões em 38 contratos efetivados em 2018

0

O Fundo Geral do Turismo (Fungetur) encerrou o ano passado com 38 contratos efetivados, totalizando um financiamento de R$ 71,7 milhões. As empresas beneficiadas do ramo turístico, são de 27 municípios de oito estados brasileiros.

Os financiamentos do Fungetur são destinados a empreendimentos de até R$ 10 milhões, através de agentes financeiros conveniados com o programa nos estados, como bancos e agências de desenvolvimento. Os empreendimentos financiados, em sua maioria, ficam em cidades que integram o Mapa do Turismo Brasileiro. O valor médio dos projetos é de R$ 1,8 milhão.

“São municípios que já trabalham o turismo como alternativa econômica e os empreendedores locais buscam se estruturar com serviços voltados para o atendimento ao turista. Os projetos estão presentes em todo o Brasil e vão estruturar a oferta de meios de hospedagem, restaurantes e agências de viagem, entre outras atividades”, disse o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Mato Grosso é o estado com o maior número de contratos assinados, totalizando 12, sendo seis deles da capital. Já o estado de Rio Grande do Sul registrou o maior volume de recursos contratados, somando R$ 24,54 milhões em cinco financiamento, sendo três em Gramado, um em Bento Gonçalves e um em Santana do Livramento.

Em Minas Gerais foram assinados três contratos em 2018, que totalizaram R$ 7,72 milhões, No Espírito Santos foram sete, que somaram R$ 2,64 milhões. Já no Paraná, onde houve o financiamento de R$ 14,6 milhões, foram fechados quatro contratos, enquanto em Santa Catarina, dois empreendimentos foram beneficiados com um total de R$ 10 milhões. Um negócio de Aracaju, em Sergipe, assinou um empréstimo de R$ 1,63 milhão. São Paulo teve três empreendimentos com contratos assinados, no valor de R$ 7,76 milhões.

Segundo a Coordenação Geral de Apoio ao Crédito do MTur, a pasta disporá, até o fim do ano, de um total de R$ 518 milhões para financiar projetos turísticos. A soma dos últimos aportes, associada à entrada de novos agentes financeiros no programa, permitirá ao Fungetur a ampliação dos negócios ao longo do ano, já que muitos projetos estão em análise nos bancos.

Leia mais sobre Políticas do Turismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here