GJP troca marca e passa a se chamar Grupo

 Leceres

Grupo Leceres somará 40 hotéis até 2023 em 11 diferentes estados, entre hotéis, resorts e até parques aquáticos



Fabio Mader, CEO do Grupo Leceres (Foto - Divulgação)
Fabio Mader, CEO do Grupo Leceres (Foto - Divulgação)

A GJP Hotels & Resorts passará a atuar como Grupo Leceres, conforme divulgado nesta terça-feira (21). Para o branding da nova marca foram levados em conta os pilares estratégicos definidos pelo Grupo, sendo eles: Hospitalidade, Entretenimento, Gastronomia e Inovação.

Adquirido em 2021 pelo fundo de investimentos em private equity gerido pela RCapital, a GJP leva em sua marca a palavra Lecer, que vem do latim lazer. Assim, a mudança visa destacar os hotéis e resorts já consagrados pelas tradicionais bandeiras da antiga rede e ampliar o portfólio em diversos destinos.

Hoje, além dos nove hotéis e resorts em sete estados brasileiros, das bandeiras Wish, Prodigy, Marupiara e Linx, o Grupo Leceres englobará outras unidades a serem adquiridas, assim como projetos de expansão já em andamento.

Logomarca do Grupo Leceres

Logo do Grupo Leceres

 De acordo com o novo plano estratégico, serão mais 31 hotéis até o final de 2023, totalizando 40 hotéis e resorts em 11 estados, além de parques aquáticos e novas atrações- surpresa na área de lazer e entretenimento. O número de apartamentos administrados pela rede, hoje pouco mais de 2 mil, deverá totalizar 8 mil quartos até o final de 2023.

“Temos muitas oportunidades no mercado interno, que vem crescendo em números absolutos. As famílias têm optado por viajar pelo Brasil, especialmente em hotéis e resorts que proporcionem uma vivência completa”, reforçou Fabio Mader, presidente do Grupo Laceres.

“As Cataratas do Iguaçu recebem 2 milhões de visitantes por ano, enquanto Niagara Falls chega a 20 milhões de pessoas. Vejam a disparidade. É atrair não só o viajante nacional, mas também o turista internacional e, claro, aquele que busca o anywhere office, já que hoje podemos trabalhar de qualquer lugar do mundo”, continuou.

“É um momento muito especial para o Grupo, de abrir novos destinos e desbravar o lazer de forma 360º, sempre investindo em pessoas, motor propulsor para o sucesso no negócio, por isso o cuidado na escolha do nome, das verticais da marca, do entretenimento para todos”, complementou Mader.


Leia também: Fábio Mader deixa CVC para assumir presidência da GJP Hotels

Deixe uma resposta