Goiás receberá aporte do Sebrae, Embratur e Ministério do Turismo

O programa Investe Turismo, do Sebrae, Embratur e Ministério do Turismo, executa 27 projetos em 20 estados

0
A região da Chapada dos Veadeiros foi contemplada pelo programa

O estado de Goiás receberá um aporte do Sebrae, Embratur e Ministério do Turismo. Trata-se do programa Investe Turismo, que executa 27 projetos em 20 estados. Ele, aliás, será implementado em duas rotas: Região do Ouro/Caminho de Cora Coralina e na Região da Chapada dos Veadeiros.

O projeto foi lançado na última segunda-feira (25) em Cavalcante. Contudo, o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, participou do lançamento do Investe Turismo – Goiás ontem (26) em Pirenópolis. Hoje, a partir das 15h, ele também fará o lançamento, desta vez no município de Goiás. No evento, o governador Ronaldo Caiado estará presente.


LEIA MAIS:
+ Bahia e Goiás são os destinos mais buscados em 2019
+ Goiás Turismo tem Fabrício Amaral como novo presidente
+ Goiás ganhará trem turístico que ligará 14 cidades

Vale destacar que o intuito do programa é incrementar a competitividade dos destinos. Assim, a região Ouro/Caminho de Cora Coralina contemplará outros municípios. Como, por exemplo, Pirenópolis, cidade de Goiás e Goiânia. Já a Região da Chapada dos Veadeiros incluirá Alto Paraíso e Cavalcante.

Investe Turismo

Os eixos de atuação que compõem o Investe Turismo são o fortalecimento da governança. Além disso, visa a produção de inteligência competitiva, a inovação da oferta turística, a promoção e apoio à comercialização turística. Havendo, assim, a atração de investimentos e o acesso a serviços financeiros.

Para isso, haverá apoio ao crédito por meio do Prodetur+Turismo e do Fungetur, mapeamento de oportunidades de investimentos, orientações sobre o desenvolvimento de destinos turísticos inteligentes, estudos de mercado, ações de marketing digital e posicionamento de imagem. Um investimento estratégico no setor, com o intuito de apoiar e desenvolver destinos para garantir a atração internacional para os nossos pontos turísticos.


Leia também:
Lei Geral do Turismo depende da aprovação do Senado; entenda
Cadastur 3.0 gera economia de 50% para prestadores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here