Goiás investe em ecoturismo e visa otimismo em stopover da Tap

De acordo com Fabrício Amaral, presidente da Goiás Turismo, a ideia é ressaltar o ecoturismo e o sertanejo, considerados referências no estado

0
Fabricio Amaral, presidente da Goiás Turismo

Quando o assunto é ecoturismo e sertanejo, o estado de Goiás se torna referência. De acordo com Fabrício Amaral, presidente da Goiás Turismo, a ideia é ressaltar ainda mais os considerados carros-chefe do estado.

“O nosso objetivo é fortalecer as regiões turísticas e promover ações para tal fomento em cada município. Além disso, visamos aumentar nosso contato com toda a cadeia turística, estimulando o turismo nacional, por exemplo, que é incipiente, bem como o turismo internacional, praticamente inexistente”, declara o executivo.

No mercado nacional, Amaral afirma que há a necessidade dos brasileiros explorarem o próprio País e conhecer os atrativos locais, como a prática de rally e o turismo de pesca, que ainda segundo ele, vem crescendo gradativamente.

Além disso, há expectativas otimistas para o mercado internacional, onde estão sendo programados investimentos, bem como por conta do stopover anunciado pela Tap, em parceria com Distrito Federal e que se expandiu por toda a região Centro-Oeste. “Já fizemos parceria com Distrito Federal e estudamos o mercado que podemos atrair com esta novidade”, complementa.


LEIA TAMBÉM:
- Goiás receberá aporte do Sebrae, Embratur e Ministério do Turismo
- Assist Card contrata executiva de vendas para Distrito Federal e Goiás
- Bahia e Goiás são os destinos mais buscados em 2019

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here