Gol, Air France e KLM transportaram 2,5 milhões de passageiros pelo hub de Fortaleza

Expectativa é que as aéreas estrangeiras companhias aéreas francesa e holandesa tenham 28% mais voos e 31% mais assentos disponíveis no segundo ano de operação

0
hub de fortaleza

Gol, Air France e KLM, anunciaram os resultados obtidos com o primeiro ano de operação do hub nordeste, em Fortaleza, iniciado em maio de 2018. Em um ano, as três companhias transportaram mais de 2,5 milhões de passageiros entre destinos domésticos e internacionais, em mais de 17 mil voos operados por essa aliança.

O novo hub ampliou as conexões de voos na região, principalmente na malha do Norte e Nordeste do País, e também permitiu às companhias europeias expandirem sua atuação no Brasil ao ligar Fortaleza aos aeroportos de Amsterdam-Schiphol e Paris-Charles de Gaulle. Com isso, todos se beneficiaram de conexões mais fáceis, rápidas, serviços unificados e uma escolha mais ampla de destinos de média e longa distância.

“O hub em Fortaleza fortalece e complementa a nossa operação, pois além de estar estrategicamente posicionado e oferecer facilidade de conexão com as regiões Norte, Nordeste e exterior, conseguimos dar mais vida ao tempo dos nossos clientes, proporcionando mais comodidade em suas viagens, e encurtamos as distâncias”, disse Eduardo Bernardes, vice-presidente Comercial e Marketing da GOL.

“Desde quando anunciamos Fortaleza como a nova porta de entrada dos voos da Air France e da KLM no Brasil, queríamos chegar ao ponto que estamos hoje: comemorar um ano de operação, com resultados positivos, conexões mais rápidas e otimizadas de e para a Europa e uma operação diária combinada para Paris e Amsterdã. É a concretização de um projeto que reforça a importância das regiões Norte e Nordeste para as companhias”, afirma Jean-Marc Pouchol, diretor geral Air France-KLM para a América do Sul.

Liderança

No Ceará, a Gol manteve liderança tanto em passageiros transportados, como no número de voos e total de assentos disponibilizados. Neste primeiro ano de operação do hub, a companhia ampliou para 39% a sua oferta de voos na capital cearense quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

No total, a empresa realizou 16.683 voos e transportou mais de 2,4 milhões de clientes em seus aviões neste último ano. Atualmente são sete aeronaves dedicadas para atender aos voos, que estão estruturados em dois períodos, um pela manhã e outro no final da tarde, horários mais convenientes para os passageiros em conexão.

A área inaugurou, em setembro do ano passado, uma nova base de tripulantes para gerar mais flexibilidade às operações no hub do Nordeste. Com essa base, a Gol passou a ter tripulações residentes no Ceará oferecendo mais comodidade também aos colaboradores, que passaram a iniciar e terminar suas programações em Fortaleza. Desde que a companhia anunciou o hub, foram criadas mais de 100 vagas de emprego para trabalhar em posições de aeroportos e na base.

Desde o início das operações na capital cearense, o Grupo Air France-KLM aumentou em 75% a sua presença, partindo de quatro voos semanais (dois Air France e dois KLM) para sete voos semanais (três Air France e quatro KLM) ou um voo diário em menos de um ano. A ocupação se manteve acima de 90% no período e continua no mesmo patamar.

Expectativas

Para o desenvolvimento contínuo do hub, ao longo do segundo ano de operação, espera-se que as companhias aéreas francesa e holandesa tenham 28% mais voos e 31% mais assentos disponíveis em relação aos primeiros 12 meses.

Além disso, a Air France passará a operar com o Boeing 777-200 em Fortaleza a partir da última semana de outubro, início da temporada de inverno europeu. A aeronave estará disponível nos três voos semanais da companhia, às quartas, sextas e domingos, na rota Paris-Fortaleza-Paris. Em comparação com a aeronave Airbus A340-300 da operação atual, a mudança representa um aumento de 12% de capacidade por voo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here