Gol flexibiliza políticas de remarcação e cancelamento

Gol

A Gol Linhas aéreas compartilhou hoje (15/3) a flexibilização das políticas de remarcação e cancelamento de viagens nacionais e internacionais, em seus voos operados ou em conexão com companhias parceiras. A companhia informa que segue com as operações, cumprindo os mais rigorosos padrões de segurança e confiante na mudança deste cenário.

Caso o cliente opte por não viajar neste momento, as orientações para voos nacionais e internacionais marcados para decolagem até 14 de maio de 2020, são:

Cancelamento e crédito

O cliente poderá cancelar sua viagem e manter o valor em crédito para voos futuros. O valor estará disponível integralmente por um ano, a contar da data da compra;

Remarcação

Se preferir, o passageiros poderá remarcar a viagem para qualquer período dentro de 330 dias, a contar da data da compra. A taxa de remarcação não será cobrada, incidindo apenas a diferença entre as tarifas, se houver;

Cancelamento e reembolso

Ao optar por cancelar viagens e solicitar reembolso, não haverá taxa de cancelamento. Contudo, a taxa de reembolso poderá ser cobrada, dependendo da regra da tarifa escolhida.

Compra com tranquilidade

Caso o cliente queira adquirir uma passagem, as políticas de cancelamento e remarcação descritas acima serão aplicadas para voos até 14 de maio de 2020.

Mais tempo

A Gol sugere que os clientes realizem as modificações do seu voo e obtenham mais informações nos canais digitais, pelo site e aplicativo. A Central de Relacionamento com o Cliente 0300 115 2121 também estará à disposição e priorizará os passageiros com voos marcados em até 72 horas.

Deixe uma resposta