Gol rebate matéria e nega que família Constantino perderá controle

A Gol negou as informações do Valor Econômico

A Gol negou que irá reestruturar a sua base societária. Em nota, a companhia negou qualquer movimentação que faria a família Constantino perder o controle majoritário, conforme publicado no portal do Valor Econômico, na noite desta quinta (21).

Segundo a publicação, a Gol realizaria uma nova operação para incorporar a Smiles. Assim, a incorporação traria a empresa para o Novo mercado e, como consequência, faria a família Constantino perder o controle majoritário do grupo, ficando com menos de 50% do capital.

Contudo, a informação foi negada pela Gol na mesma noite da publicação.

LEIA MAIS:

+ Gol cresce em janeiro com destaque para o mercado internacional

+ Gol amplia número de voos no aeroporto de Brasília

+ Gol passa a vender ingressos para atrações no Brasil e exterior

Veja os pontos salientados pela companhia:

“(i) a Matéria foi elaborada sem qualquer contribuição da Gol;

(ii) não há, na presente data, fatos concretos que sustentem as afirmações contidas na Matéria com relação à potencial operação de reestruturação societária envolvendo a controlada Smiles (“Smiles” e “Operação Smiles”, respectivamente), em especial, no tocante (a) à uma alteração da estrutura de controle, (b) à Família Constantino deixar o controle; e (c) à listagem da empresa no Novo Mercado; e

(iii) não há, na presente data, qualquer acordo (a) com relação à estrutura para a implementação da Operação Smiles ou (b) com relação aos termos e condições da potencial Operação Smiles.

A Gol recomenda a seus acionistas e ao mercado que não sejam tomadas decisões de investimento baseadas nas informações constantes da Matéria.”

Leia mais sobre Aviação.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui