Governador de Illinois promove o destino no Brasil

Por: Carolina Maia

Na primeira visista da história, desde 1918, um governador do estado de Illinois, nos Estados Unidos, visita o Brasil. Pat Quinn, está em missão comercial com grupo de executivos para estreitar as relações entre Brasil e EUA, principalmente entre Illinois e São Paulo, como ressaltou em encontro promovido pelo Consulado Americano hoje em São Paulo.

“Agradeço a United, pela parceria, e gostaria de ressaltar que o intuito desta visita é fortalecer as relações entre nosso estado e o Brasil. Queremos fomentar ainda mais o turismo entre EUA e Brasil. Temos um voo direto e gostariamos de incentivar a todos a ir a Illinois, onde temos como destaque a cidade de Chicago”, disse.

O governador veio acompanhado de representantes de diversas organizações e empresas, como a própria United Airlines, que voa
direto para Chicago a partir de São Paulo, e que tem na cidade norte-americana a sua matriz. A delegação ainda viajará para
Brasília e Recife.

Os esforços vem de encontro com o recente aumento no fluxo de turistas na região. Em 2011, Chicago recebeu 43 milhões de turistas, sendo 1.4 milhão de estrangeiros, e 56 mil brasileiros, que já ocupam a sétima posição de visitantes de outros continentes ao Estado de Illinois. Até 2016 é esperado um aumento de 70% no números de viagens do Brasil para os EUA.

“Temos um plano de meta onde esperamos dobrar o número de visitantes brasileiros que visitam nossa cidade. Ainda é um montante muito baixo, e queremos aumentar esse fluxo e temos muito a oferecer. E para mostrar isso, vamos realizar capacitações, famtours e presstrips”, comentou o presidente e CEO do Choose Chicago – órgão oficial para vendas e marketing da cidade -, Don Welsh.

A indústira do turismo de Illinois registrou ganho recorde de US$ 31,8 bilhões em 2011, 8,4% acima do ano anterior, alimentado principalmente por um aumento sem precedentes nas viagens de lazer. A missão inclusive coincide com o aumento dos esforços do Choose Chicago, que agora é representado no Brasil pela Interamerican Network.

Carolina Maia

Carolina Maia
Carolina Maia
Carolina Maia
Carolina Maia
Carolina Maia

Deixe uma resposta