Governo do Rio, Setur e Rock in Rio lançarão campanha de estimulo de visitas

No evento estarão presentes o governador, Wilson Witzel, o secretário de Turismo, Otavio Leite, e o presidente do Rock in Rio, Roberto Medina
A Latam é a companhia aérea oficial do Rock in Rio 2019 (Foto - Reprodução)
A Latam é a companhia aérea oficial do Rock in Rio 2019 (Foto - Reprodução)

A campanha “TurisRock” será lançada amanhã (15) no Rio de Janeiro. O governo estadual, secretaria de Turismo e o Rock in Rio visam estimular que os 700 mil espectadores visitem outras regiões fluminenses, além da cidade maravilhosa.

No evento, aliás, estarão presentes o governador, Wilson Witzel, o secretário de Turismo, Otavio Leite, e o presidente do Rock in Rio, Roberto Medina. Na ocasião será assinado o Termo de Cooperação Técnica entre o Governo/Setur e o evento.

O objetivo do projeto é estimular o público do Rock in Rio 2019 a visitar outros destinos turísticos do estado, por meio de um desconto de 30% válido nos estabelecimentos hoteleiros participantes da promoção. A ação tem o apoio da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), dos Conventions Bureau (CVBs) e das prefeituras municipais.


LEIA MAIS:
+ Rock in Rio deve gerar R$ 74 milhões em hospedagem, diz estudo
+ Otávio Leite reforça compromisso do Rio de Janeiro com o turismo
+ Portugal 360º terá segunda edição no Rio de Janeiro em junho

A parceria com a organização do Rock in Rio proporcionará que as pessoas que irão ao evento recebam informações diretas, apresentando o “TurisRock”. A divulgação dos municípios vai auxiliar no fomento do turismo do Estado. A promoção será válida de 20 de setembro a 13 de outubro para todas as cidades do estado, exceto a Capital.

Serviço

Evento: Lançamento da campanha “TurisRock”
Dia: 15 de maio de 2019
Horário: 16h
Local: Palácio Guanabara – Salão Nobre


Leia também:
Espanha investe no setor de luxo e participa da ILTM Latin America 2019
Redução do ICMS é pauta em reunião com líderes do turismo de SC
Viajar para Europa está mais barato do que para os EUA, segundo Voopter

Deixe uma resposta