Grand Mercure é inaugurado em São Paulo com investimento inicial de R$1,7 mi

0
Ronei Borba (gerente geral), estilista Ronaldo Fraga (embaixador da marca Grand Mercure ), Patrick Mendes (CEO da AccorHotels América do Sul) e Philippe Trapp (vice presidente executivo das marcas de luxo da AccorHotels América do Sul)

Por Felipe Abílio

A rede AccorHotels recebeu os convidados para a inauguração do Grand Mercure Vila Olímpia na noite desta quinta-feira (17). Após 15 anos como Caesar Business, o grupo atualizou a estrutura para a marca Grand Mercure com o investimento inicial de R$ 1,7 milhões na mudança total das áreas comuns.

“O Ceasar Business era um pouco antigo, tínhamos a diferença muito grande de um produto para outro como o Pullman. A Accor propôs a mudança para uma marca que falasse com a região e não conflitasse com Pullman, os investidores aceitaram e viemos com o Grand Mercure”, explicou Ronei Borba, gerente geral. “Já reformamos as áreas comuns e quatro andares, em julho começamos mais quatro outros.”

Para fazer com que o hotel tivesse a brasilidade misturada com tradições locais, marca registrada da linha, o estilista Ronaldo Fraga foi o responsável por trazer essa essência a decoração.

“Temos o café coado, a parede verde, o cantinho da leitura, é um pouco mais acolhedor e você se sente um pouco mais em casa. Tudo foi projetado com a cara do Brasil, essa questão de trazer a atmosfera local é uma grande marca da Mercure”, disse Borba. “É um hotel que fala com o público local, já que temos 50% de brasileiros na nossa ocupação.”

Com ótima ocupação por conta de eventos e turismo na capital, Borba explica que é importante criar um ambiente agradável no meio no centro financeiro de São Paulo para receber as famílias nos finais de semana.

“Nessa localização que é 90% corporativa, é necessário achar espaço para trazer lazer para a família, mimos para crianças em apartamento, eventos abertos no terraço. Aqui também fazemos o pitstop da ciclofaixa com água aromatizada, estacionamento para bicicletas, queremos trazer o pessoal para os finais de semana.”

O restaurante e o café do hotel são abertos para não hospedes durante a semana com comida brasileira e café coado.

Corporativo

Salas para 1600 convidados e tecnologia de ponta para eventos são alguns dos atrativos que o Grand Mercure oferece para o público corporativo que recebe durante a semana.

“Temos tarifa para grupos, um centro de eventos para até 800 pessoas no auditório dentro do complexo e 800 pessoas em coffee break, ou seja, 1700 metros quadrados de área de evento. Na região é a primeira área de espaço com salas únicas. Também temos telões de led já dentro das salas com todo o sistema de som instalado”, finalizou Borba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here