GRU Airport registra 1,56 milhões de passageiros em fevereiro

O tráfego doméstico continua sendo o mais representativo, registrando cerca de 89,6% do total de passageiros

gru airport latam

A GRU Airport registrou, em fevereiro, a movimentação de mais de 1,56 milhões de passageiros, 55,2% frente ao mesmo período de 2020, quando foi registrado 3,56 milhões. O Terminal de Cargas, por sua vez, se tornou o maior importador do Brasil (em volume de cargas), se consolidando como líder na exportação nacional e referência em transforma fármacos.

No mercado nacionais, foram 1,43 milhões de passageiros em fevereiro com origens ou destinos nacionais, em uma média diária de 404 pousos e decolagens. Os números representam redução de 41,4%, se comparado com a movimentação de fevereiro do ano passado, quando foram processados, em média, 84,4 mil passageiros por dia em destinos nacionais. O tráfego doméstico continua sendo o mais representativo, registrando cerca de 89,6% do total de passageiros.

O tráfego internacional, por sua vez, representou somente 10,4% do volume de passageiros total, totalizando cerca de 5.895 passageiros por dia. Isso representa um declínio de 85,2% quando foram transportados cerca de 38.570 passageiros por dia no ano anterior.

GRU Airport: carga

O Terminal de Cargas do Aeroporto Internacional de São Paulo (Teca) movimentou, em fevereiro, cerca de 23 mil toneladas de produtos entre importação e exportação. Na importação, houve o crescimento de 3,96% quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Os números colocam o terminal como o maior importador do Brasil em volume de cargas e consolida como líder na exportação nacional.

Componentes automotivos e maquinários e eletrônicos tiveram um crescimento expressivo, assim como produtos farmacêuticos, fechando com 64% do Market share do segmento – crescimento de 13 pontos percentuais quando comparado com o mesmo período no ano passado. Em fevereiro, três carregamentos com insumos para vacinas e combate à covid-19 chegaram a Brasil por meio do terminal.

Em fevereiro, duas companhias mantiveram operações não regulares no Teca. A Scandinavian Airlines System e a Tui Airlines vieram para o Brasil para abastecer o setor automotivo e criar oportunidades de novos negócios. Além disso, o Teca está com oportunidade de investimento logístico. Interessados na construção e comercialização de galpões no terminal poderão ocupar uma área de 65 mil metros quadrados, dividida em quatro parte, com oportunidades de negócios para armazéns de carga dentro da zona primária do aeroporto e com acesso direto ao pátio.

Deixe uma resposta