Grupo Emirates registra queda de 2% em receita do 1ºS; veja resultados

Mesmo com baixa, lucro da empresa foi 8% maior frente a mesma época no ano anterior

0
Grupo Emirates
Grupo Emirates deve colocar reconhecimento facial em portões com destino aos EUA até o fim do ano

O Grupo Emirates divulgou nesta segunda-feira (11) resultados semestrais para o ano fiscal de 2019-2020. Nos primeiros seis meses da temporada, a receita do grupo foi de US$ 14,5 bilhões, significando queda de 2% em relação ao último resultado (US$ 14,8 bilhões) no mesmo período do ano passado.

De acordo com a companhia, o declínio se deve principalmente as reduções de capacidade durante o fechamento da Pista Sul do Aeroporto Internacional de Dubai por 45 dias. Além disso, movimentos desfavoráveis de moedas na Europa, Austrália, África do Sul, Índia e Paquistão também foram citados.


LEIA MAISEmirates Flight Catering anuncia solução voltada a sustentabilidadeEmirates projeta eficiência com RFID; conheçaEmirates e Flydubai comemoram terceiro ano de parceria

Por outro lado, o lucro aumentou 8% em relação ao mesmo período do ano passado. Em números, o resultado foi US$ 320 milhões, com créditos à queda de 9% nos preços de combustíveis, em comparação com o mesmo período do ano passado. Mesmo assim, variações negativas do câmbio monetário compensaram ganhos neste quesito.

“O Grupo Emirates apresentou um desempenho estável e positivo no perído. Adaptamos nossas estratégias para enfrentar as difíceis condições comerciais e a incerteza político-social em muitos mercados ao redor do mundo”, afirma Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente e CEO do grupo Emirates e Emirates Airline.

Na visão do executivo, a empresa teve ainda controle rígido dos custos controláveis.


Leia Também:

– Emirates Skywards celebra 25 milhões de associados e premia passageiros
– Emirates conclui teste de embarque por biometria facial
– Emirates e Marriott se unem para oferecer acúmulo de pontos; veja

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here