HNA vende participação na Tap à Azul e fundo norte-americano

O conglomerado chinês vendeu a participação de 9% na companhia por US$ 55 milhões

1

O conglomerado chinês HNA vendeu os 9% de ações que detinha na Tap. Por US$ 55 milhões, o grupo, por meio do consórcio Atlantic Gateway, repassou a sua participação à Azul e ao fundo norte-americano Global Aviation Ventures. O comunicado, aliás, foi emitido pelo grupo e enviado à bolsa da China.

O motivo da venda, aliás, seriam dificuldades de tesouraria do investidor chinês. Mais da metade da participação foi destinada ao fundo estadunidense. O grupo desembolsou US$ 30 milhões. Já a Azul, que será responsável pelo restante das ações, arcou com US$ 25 milhões.

O HNA explica, ainda, que o negócio envolveu a venda de uma subsidiária chamada Hainan Airlines Civil Aviation. Aliás, cujos únicos bens são uma participação de 20% na Atlantic Gateway – consórcio que detém 45% da Tap. Em contrapartida, Portugal é dono de 50% da Tap.

LEIA MAISBrasília e Tap assinam acordo de stopover nesta quinta-feira (14)Rio Grande do Norte debate novos voos em reunião com Tap e EmbraturPortugal realiza última etapa de roadshow deste semestre em SP

Ainda sobre as ações do HNA

O HNA tinha, há menos de um mês, tinha aumentado de 12% para 20% a sua participação na Atlantic Gateway. Contudo, o grupo tem refreado os investimentos e cancelado alguns negócios.

Além disso, uma das subsidiárias do HNA, a Capital Airlines, inaugurou em julho de 2017 o primeiro voo direto entre a China e Portugal. No entanto, pouco depois de um ano, a empresa anunciou a suspensão da operação.


Leia também:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here