Hopi Hari abre pré-venda da Hora do Horror 2021; confira

A edição comemorativa do Hopi Hari de 20 anos acontecerá a partir de 3 de setembro, mas ainda sem tema divulgado

Hopi Hari

Estão abertas as vendas para a edição comemorativa de 20 anos da Hora do Horror que ocorrerá a partir 3 de setembro. Para aqueles que já estão ansiosos, o Parque Temático Hopi Hari oferta o Passaporti promocional no site.

“O público é sempre o nosso grande espelho. A cada edição temos que superar a nós mesmos, observar as tendências do mercado, equalizar realidade e sonho. Nosso público é muito fiel e anseia viver novas experiências no Parque. Por isso, sempre estamos buscando melhorias para, a cada vez que o visitante vier participar, ser surpreendido de forma positiva”, explica Alexandre Rodrigues, presidente de Hopi Hari.

Hora do Horror

A história do evento começa em agosto de 2002. De lá para cá, muitas criaturas assustadoras passaram pelas fronteiras de Hopi Hari, colocando algumas edições como as favoritas do público. Seja pelo sarcasmo dos palhaços em 2009, com o tema “Circo dos Horrores”, ou pela atração em 2014, na amaldiçoada “Loja de Brinquedos”, o fato é que mexer com o imaginário dos visitantes é o que os traz de volta, a cada ano.

Ao analisar desde o início, a trajetória da Hora do Horror é marcada por constante evolução e adaptação. “Tudo começou com áreas tematizadas, túneis e um pocket show. Com o passar do tempo, a atração se tornou um grande espetáculo, com direito a um ballet recheado de efeitos especiais, baladas, shows de abertura e de encerramento. Costumamos também fazer a volta dos temas preferidos do público, com histórias diferentes e novos recursos”, comenta Alexandre Rodrigues.

Com a atualização da classificação do Plano SP – realizada na sexta-feira, 16, pelo Governo do Estado de São Paulo –, o Hopi Hari reabrirá fronteiras a partir deste sábado, 24. Conforme o decreto, o Parque poderá operar com 25% de sua capacidade, com horário de funcionamento das 11h às 19h, sendo que as atrações começarão a ser finalizadas a partir das 18h.

 “Ao atingirmos o limite de público vamos imediatamente interromper a entrada”, destaca Alexandre Rodrigues, presidente de Hopi Hari. O visitante faz parte da história, e a proximidade entre ele e as criaturas, vistas somente nos filmes, garante uma experiência sem igual. Estar perto do risco e sair ‘ileso’, envolver-se com segurança, é o que traz coragem de entrar na brincadeira”, enfatiza.

Deixe uma resposta