Governo recua e horário de verão começa dia 4 de novembro

As mudanças no horário de verão poderiam prejudicar os viajantes

O Governo Federal recuou na proposta de adiar o início do horário de verão para 18 de novembro, voltando a data original de 4 de novembro. A medida governista visava atender a uma demanda do Ministério da Educação para auxiliar os estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No inicio do mês, a Iata havia criticado a alteração anunciada pelo Governo afirmando que a mudança traria diversas consequências para as companhias aéreas e para milhões de passageiros de viagem marcada para o período.

“Essa mudança, feita em prazo muito curto terá sérias consequências para milhões de passageiros que já compraram passagens ou fizeram planos, já que as companhias aéreas terão que reajustar os horários de voos e de conexão. Também interrompe o planejamento da malha de mais de 50 companhias aéreas, domésticas e internacionais, que operam no Brasil”, afirmou no inicio do mês Dany Oliveira, Diretor Geral Iata Brasil.

A recomendação para os turistas é checar junto as companhias e agências sobre possíveis alterações nos horários de voos com as mudanças no horário de verão.

Confira mais notícias de Aviação.

Deixe uma resposta