Hotéis Rio prevê prejuízo de R$ 130 milhões na hotelaria em abril

De acordo com a associação Hotéis Rio, o segmento conta com apenas 5% dos quartos ocupados e 60 empreendimentos suspensos

(Foto: Divulgação)

De acordo com o Hotéis Rio, o mês de abril conta com uma expectativa de prejuízo de R$ 130 milhões. Hoje, a hotelaria possui menos de 5% dos quartos ocupados e 60 dos empreendimentos suspensos, o que fez com que a oferta de quartos caísse de 54 mil para 20 mil. Cerca de 5 mil empregos estão ameaçado e há uma estimativa de demissão de 20%.

“O sindicato está e sempre se fará presente para ajudar, orientar e defender a indústria hoteleira e os hotéis associados. Juntos, descobrimos que somos muito mais fortes e, hoje, há a oportunidade de colhermos os frutos desta união, que sempre foi cultivada ao longo de anos”, enfatiza Alfredo Lopes, presidente do Hotéis Rio.

A hotelaria carioca atendeu ao chamado do poder público para apoiar o acolhimento de idosos assintomáticos pela Covid-19 e disponibilizou cerca de 2 mil quartos para o isolamento dessas pessoas. Além disso, o Hotéis Rio vem identificando as necessidade de cada hotel para atuar nas esferas comerciais, contábeis, civil, trabalhista, governamentais e políticas.


Deixe uma resposta