Huilo Huilo inaugura o primeiro teleférico do sul do Chile

No início da selva patagônica, está a Reserva Biológica Huilo Huilo, a 860 km ao sul de Santiago. Com atrações que vão desde esportes de neve, nos meses de inverno, até tirolesas radicais ou passeios contemplativos de belezas naturais, Huilo Huilo é destino certo para quem gosta de unir natureza e conforto, com boa dose de aventura. Quem visitar o local a partir de novembro, poderá aproveitar a mais nova atração: o teleférico “Cóndor Andino”.

Com três cabines, que comportam até seis pessoas cada, o teleférico faz um percurso que dura por volta de 14 minutos. Une o local onde estão o Museu dos vulcões e o Bosque dos Cervos ao topo norte de Huilo Huilo, a uma altitude de 1.125 metros sobre o nível do mar. A diferença de altitude do local de partida para o local de chegada é de 547 metros.

O teleférico abre uma nova área na Reserva, que foi chamada de Bosque Escondido. Nessa área, será possível fazer trekkings, circuitos de mountain bike e outras atividades para contemplação das belezas naturais de Huilo Huilo. O espaço também oferece vista panorâmica do lago Pirihueico, do lago Panguipulli e dos vulcões Mocho Choshuenco, Villarrica e Lanín.

Na plataforma de onde saem as cabines há um restaurante, uma cafeteria com varanda, além de duas pistas de boliche e outros jogos para crianças. Na plataforma superior, onde chegam as cabines, há outra cafeteria, essa com sala de estar e uma varanda com uma bela vista.

Rodrigo Verdugo, arquiteto responsável por todos os projetos da Reserva, também é o criador do Teleférico e explica que a obra foi feita com 95% de mão de obra local. “Os projetos de engenharia, eletricidade e segurança foram contratados externamente. O engenheiro responsável pela obra é Roland Bartholet, um suíço especialista em desenvolvimento e construção de teleféricos”, completa.

Rodrigo Mata, diretor comercial de Huilo Huilo, fala sobre a importância de novidades atrativas, uma vez que o mercado de turismo precisa sempre de produtos inovadores. “Para nós, é muito importante que exista o teleférico. Ele traz ainda mais diversidade à Reserva. É nosso dever fazer com que o turismo gere mais visitantes, mais empregos e permita que Huilo Huilo siga crescendo e se desenvolvendo”.

 

 

Deixe uma resposta