Iguaçu: estratégia é manter o relacionamento com os portugueses

Por: Priscila Ferraz

LISBOA – A divulgação institucional do destino é o principal motivo da presença do Iguassu Convention & Visitors Bureau na edição de 2014 da BTL. Segundo o diretor executivo Rui Carvalho, é importante participar da feira principalmente porque Iguaçu é a segunda cidade brasileira que mais recebe turistas internacionais, perdendo apenas para o Rio de Janeiro. “Embora o mercado português tenha passado por uma crise, ainda é um mercado onde investimos durante muito tempo e sempre nos deu boa resposta. Entendemos que não pode ser abandonado, é preciso manutenção para não chegarmos a um ponto onde seja necessário fazer tudo do zero”, explicou.

 

A outra vantagem de participação é a “emenda” com a ITB, que ocorreu em Berlim. “Já estávamos no continente. Por que não dar atenção a um mercado onde investimos durante muito tempo e que, mais ano, menos ano, acabará saindo da crise e nos dando resultados? De forma geral, essa é nossa estratégia, porque, como representamos um destino é diferente do que ser uma cadeia hoteleira, por exemplo, que vem ao evento na expectativa de realizar negócios concretos”, argumentou.

 

Apesar de o foco se dar apenas na manutenção de relacionamento, o destino pretende utilizar-se da Copa do Mundo deste ano para incentivar os portugueses a visitarem o Brasil. “Embora Foz do Iguaçu não seja uma das cidades-sedes, sendo a segunda cidade mais visitada por estrangeiros, é natural que esperemos que os turistas viagem para outros destinos, mas que possam esticar sua estadia conosco”, disse. Para incentivar a permanência dos visitantes, Carvalho aposta nas ações de mídia institucional. “Temos algumas campanhas preparadas para o mercado europeu e também para o mercado coreano, já que estamos como subsede da seleção da Coréia, que ficará hospedada em Foz do Iguaçu. Então estamos esperando um grande número de coreanos, além, é claro, dos europeus que esperamos naturalmente”, finalizou.

 

 

Priscila Ferraz de Mello

Deixe uma resposta