Intertek lança selo que contempla 15 procedimentos operacionais; veja

O selo Protek da Intertek já está sendo implementado em alguns empreendimentos hoteleiros, como a AMResorts, que visa implementar um seguro plano de abertura

Intertek

A Intertek lançou o Selo Protek, programa mundial de saúde, segurança e bem-estar para pessoas, locais de trabalho e espaços públicos. Com base em pesquisa realizada no Reino Unido, que mostrou enorme insegurança e preocupação da população em voltar ao trabalho, viajar, frequentar restaurantes e hotéis, a Intertek está aplicando o Protek em todos esses setores.

“Grupos hoteleiros têm demonstrado maior preocupação que outros setores. Estão firmes debatendo as informações sobre a pandemia e medidas que estão adotando”, diz Helio Simões, diretor geral da Intertek no Brasil. 

A empresa acaba de anunciar que a rede AMResorts contratou o programa Protek em Londres, para ajudar a implementar um plano de reabertura seguro e saudável em suas propriedades de marca. Especificamente para setor de hotelaria, o Protek tem o modulo Posi-Check (Prevenção/Prevention da/of the Propagação/Spread de/of Infecções/Infeccions) com rápida resposta a problemas de infecção.

A certificação Protek envolve a implantação de sistemas e treinamentos de equipes. É um programa de treinamento e certificação de última geração para funcionários, auditoria de processos e sistemas de higiene e saneamento para garantir que espaços, materiais e superfícies sejam seguras para funcionários e clientes, em todos os lugares. Os consumidores têm indicação visual do Selo Protek nos locais visitados.

O selo abrange 15 procedimentos operacionais novos:

  • Distanciamento social
  • Clubes infantis
  • Higiene das mãos
  • Gestão das bagagens
  • Etiqueta respiratória
  • Spa
  • Controle de risco de infecções
  • Gestão de EPI
  • Academia
  • Gestão de hóspedes sintomáticos
  • Sistemas de ventilação
  • Piscinas
  • Cozinha
  • Gestão de fornecedores
  • Retorno ao trabalho

“Mesmo grandes resorts e redes com sistemas rígidos de qualidade e inspeção necessitam mudança de processos com a Covid-19”, explica Simões.

Pesquisa: Reino Unido

De acordo com levantamento da Intertek, 70% dos entrevistados não gostaria de retornar ao trabalho, a menos que práticas de saúde e segurança esteja em vigor. Além disso, 91% dos entrevistados concordam que seu empregador deve tomar medidas extras para proteger os funcionário.

Outro dado importante é que 24% dos entrevistados se sentem confiantes para visitar um bar ou restaurante, três pontos percentuais a menos do que a taxa de pessoas confiantes em visitar hotéis.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui