Invest Chile lança Guia do Investidor Estrangeiro em português em roadshow

O evento contou com a presença de 150 profissionais, que tiveram acesso à publicação que aborda assuntos jurídicos, administrativos e práticos

0

Os roadshows realizados pela Invest Chile, em parceria com as associações empresariais locais, reuniu mais de 150 empresários e representantes do governo na primeira semana de agosto. Os participantes tiveram acesso ao lançamento do Guia do Investidor Estrangeiro, em português, apresentando assuntos jurídicos, regulatórios, administrativos e práticos para instalar operações no Chile.

Hoje, a Invest Chile já conta em seu pipeline os seguintes projetos de empresas brasileiras com planos de investimentos no país:

Setor N° de projetos Valor do Investimento em US$
Energia 1 3.000.000
Financeiro 2 1.000.000
Alimentação e Agricultura 5 12.000.000
Turismo 1 500.000
Serviços globais de Tecnologia 8 98.200.000
Variados 7 2.650.000
Total 24 117.350.000

LEIA MAIS:
+ Ski Brasil investe em treinamento e promove famtour com parceiros no Chile
+ Sky Airline anuncia duas novas rotas regionais no Chile para este ano
+ Novas operações aéreas facilitam ligação entre Brasil e Chile; confira

Após em Tecnologia da Informação

O setor de TI no Chile está em expansão, com um gasto estimado de US$ 16 bilhões para 2020, representando um crescimento de 4%, quase o dobro do crescimento médio na América Latina em gastos no setor.  Os principais investimento são em Infraestrutura Digital, com data centers estabelecendo operações no Chile, lançamento do 5G e implementação de cabos de fibra ótica submarinos internacionais.

“O Chile está pronto para vivenciar um rápido crescimento econômico e comercial como um hub de tecnologia de ponta e o desenvolvimento da nossa primeira instalação no país aumentará nossa capacidade de atender às demandas dos clientes por soluções de data center na América Latina,” conta Marcos Siqueira, vice-presidente de Vendas, Produtos e Operações da Ascenty,

Hoje, a Invest Chile promove um portfólio de 150 projetos públicos a serem realizados até 2023, por meio de investimentos que somam mais de US$ 18 bilhões, em setores como infraestrutura, turismo, mineração e energia. A instituição também cuida das futuras licitações de projetos como produção de lítio com valor agregado, a iniciativa de cabo subaquático Ásia-América Latina e a implementação da rede 5G.

“Há um interesse crescente das empresas brasileiras em expandir regionalmente, especialmente por meio do grupo de países da Aliança do Pacífico. Frequentemente ouvimos dos executivos que o Chile é considerado a melhor plataforma e o hub de crescimento para o resto da região”, explica Cristián Rodríguez Chiffelle, diretor da Invest Chile.


Leia também:
Chile é reconhecido como “Melhor Destino de Natureza” da América Latina
Vinícolas de Autor e Casamento no Chile oferecem roteiros especiais
Sky ligará Salvador (BA) ao Chile e retoma rota de Florianópolis (SC)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here