Israel abre portas para grupos de turistas vacinados contra covid-19

Os viajantes individuais terão permissão para entrar em Israel no segundo estágio, com considerações de saúde conforme o cronograma

Israel
Foto: reprodução

A partir de 23 de maio, Israel começará a permitir que estrangeiros que já foram vacinados contra a covid-19 entrem no destino. Na primeira etapa, os grupos serão admitidos segundo diretrizes a serem divulgadas pelos Ministérios do Turismo e da Saúde.

“Israel é o primeiro país vacinado, e os cidadãos de Israel são os primeiros a desfrutar deste resultado. Depois de abrir a economia, é hora de permitir o turismo de forma cuidadosa e calculada. Abrir o turismo é importante para um dos segmentos mais prejudicados durante o último ano devido ao coronavírus. Continuaremos a olhar para flexibilizar as regulamentações de acordo com a situação de saúde”, pontua Yuli Edelstein, ministro da Saúde.

Todos os visitantes serão submetidos a um teste PCR antes de embarcar no voo para Israel e a um teste sorológico para comprovar a vacinação, na chegada ao Aeroporto Ben Gurion. Continuam em discussão com diversos países, um acordo de validação do certificado de vacina, para eximir a necessidade da aplicação do teste sorológico.

“Tenho o prazer de dar este primeiro passo importante para a indústria do turismo. É hora de que a vantagem única de Israel como país seguro e saudável comece a ajudá-lo a se recuperar da crise econômica, e não servir apenas às economias de outros países”, ressalta Orit Farkash-Hacohen, ministra do Turismo de Israel.

De acordo com a proposta elaborada pelos Ministérios, um número limitado de grupos começará a chegar no dia 23 de maio, aumentando progressivamente conforme a situação de saúde e do andamento do programa.

“Apenas abrir os céus para o turismo internacional irá realmente reviver a indústria do turismo, incluindo restaurantes, hotéis, locais, guias turísticos, ônibus e outros que procuram trabalhar e sustentar suas famílias. Eu continuarei a trabalhar para a abertura total do turismo a Israel, o que ajudará muito a economia israelense e criará locais de trabalho para muitos israelenses”, afirma.

Os viajantes individuais terão permissão para entrar em Israel no segundo estágio, com considerações de saúde determinando o cronograma. O Turismo de Israel reforça também a realização da Convenção Virtual “Where Else”, na próxima quinta-feira, 22 de abril.  

O evento começará no Brasil às 8:30 (14:30 Israel) e incluirá diversos palestrantes, bem como a chance de se encontrar com DMCs israelenses para discutir possibilidades e necessidades. Clique na no link para se inscrever.

Deixe uma resposta