Japão anuncia mais nacionalidades com entrada vetada no país

Com Brasil entre os selecionados, a lista adicional é composta por 35 países de todos os continentes, se juntando a mais 38 destinos

Japão

Com a aprovação do Conselho de Segurança Nacional e anuência do governo na quarta-feira (1), o Japão tem uma lista de 73 países e territórios alvo das medidas de restrição de vistos. As restrições entraram em vigor nesta sexta-feira (3), valendo também para estrangeiros que partirem antes desta data mas chegarem ao Japão imediatamente após sua implementação.

Antes com 38 locais entre as nacionalidades proibidas de entrarem, o país anunciou uma lista adicional com 35 destinos proibidos de entrarem no Japão, incluindo o Brasil. Para os que entraram a pouco, as medidas adotadas são:

  1. Os vistos de uma ou de múltiplas entradas emitidos até o dia 2 de abril de 2020 pelas embaixadas e consulados japoneses que exercem jurisdição sobre estes países estão suspensos indefinidamente. As taxas referentes à emissão de visto não serão devolvidas.
  2. Os países listados acima com os quais o Japão tem acordo de isenção de visto serão orientados a suspender gradativamente seus efeitos.
  3. A princípio, estas medidas começarão a vigorar a partir da 0h do dia 3 de abril (hora local do Japão) até o dia 30, sendo este prazo passível de prorrogação.

Lista adicional

  • Albânia
  • Armênia
  • Austrália
  • Bahrein
  • Bolívia
  • Bósnia e Herzegovina
  • Brasil
  • Brunei
  • Canadá
  • Chile
  • China
  • Coréia do Sul
  • Costa do Marfim
  • Equador
  • EUA
  • Filipinas
  • Indonésia
  • Israel
  • Kosovo
  • Macedônia do Norte
  • Malásia
  • Marrocos
  • Moldávia
  • Montenegro
  • Nova Zelândia
  • Panamá
  • República Democrática do Congo
  • República de Maurício
  • República Dominicana
  • Sérvia
  • Singapura
  • Tailândia
  • Taiwan
  • Turquia
  • Vietnã

Países já em restrição

  • Alemanha
  • Andorra
  • Áustria
  • Bélgica
  • Bulgária
  • Chipre
  • Croácia
  • Dinamarca
  • Egito
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Hungria
  • Irã
  • Irlanda
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Mônaco
  • Noruega
  • Polônia
  • Portugal
  • Reino Unido
  • República Tcheca
  • Romênia
  • San Marino
  • Suécia
  • Suíça
  • Vaticano

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui