Jordânia sediará Fórum Econômico Mundial no ano que vem

Por: Antonio Euryco

Em 2013, entre 24 e 26 de maio, a Jordânia será o país anfitrião para a reunião do Fórum Econômico Mundial (World Economic Forum, WEF)  que terá foco no Oriente Médio e no Norte da África. A reunião incluirá mais de 1.000 participantes de governos, empresas, sociedade civil e universidades.

O anúncio foi feito durante encontro entre o rei Abdullah II e o fundador e presidente-executivo do WEF, Klaus Schwab, em Nova York, numa reunião da Assembleia Geral da ONU,  como destacou oficialmente a Corte Real da Jordânia.

O Fundo para o Desenvolvimento Rei Abdullah II (King Abdullah II Fund for Development, KAFD) e o WEF assinaram um memorando de entendimento que marca o início oficial dos preparativos para o  evento.

Durante a reunião, o rei da Jordânia e Schwab também discutiram os últimos acontecimentos na região, especialmente a atual situação na Síria e os esforços para alcançar uma paz justa e global no Oriente Médio.

Schwab disse que a reunião do Fórum Econômico Mundial que será dedicada à região dará atenção às políticas e estratégias de negócios e as relações inter-religiosas e intersociais  que são necessárias para apoiar as aspirações das economias da região, entre eles o importante papel do turismo.

Miroslav Dusek, diretor e chefe de Oriente Médio e Norte da África para o Fórum Econômico Mundial, declarou em comunicado  que, “a partir do papel reconhecido da Jordânia na região e internacionalmente, o objetivo da reunião de 2013 é conduzir o diálogo necessário para superar as falhas de longa data nesse sentido, e fomentar o espírito de parcerias, tão essenciais para assegurar a paz e a segurança neste momento de mudança fundamental”.

 

A Jordânia sediará uma reunião do WEF pela sétima vez. Confira os atrativos do país no site em português  pt.visitjordan.com.  

AE

 

Deixe uma resposta