Kayak aponta os 10 destinos mais buscados do 1º semestre; confira

O Kayak apontou crescimento de procura pelos principais destinos nacionais do Brasil

0
Lisboa está no topo dos destinos internacionais mais buscados pelos brasileiros durante o primeiro semestre através do Kayak
Lisboa está no topo dos destinos internacionais mais buscados pelos brasileiros durante o primeiro semestre através do Kayak

O metabuscador Kayak, apontou os dez destinos mais buscados e os que mais cresceram em buscas no primeiro semestre de 2019. No ranking nacional, São Paulo e Rio de Janeiro mantém a liderança consolidada, o destaque fica pra presença inédita de Natal (RN) no ranking.

Já no índice internacional elaborado pelo Kayak Lisboa (Portugal) e Miami (EUA), aparecem no topo dos mais buscados pelos viajantes do Brasil, ficando a frente de destinos como Orlando, Nova York e Paris.

“A presença de Natal sugere que as iniciativas recentes do destino – revitalização do centro histórico e parcerias em voos internacionais – estão gerando frutos”, afirmou Eduardo Fleury, Líder de Operações do Kayak no Brasil.

Veja a tabela do Kayak:

Destinos mais buscados no primeiro semestre de 2019

Nacionais

Internacionais

1. São Paulo 1. Lisboa
2. Rio de Janeiro 2. Miami
3. Salvador 3. Orlando
4. Fortaleza 4. Buenos Aires
5. Recife 5. Santiago
6. Porto Alegre 6. Nova York
7. Brasília 7. Paris
8. Maceió 8. Porto
9. Natal 9. Roma
10. Florianópolis 10. Londres

 


LEIA MAIS

+ Kayak desenvolve ferramenta para encontrar passagens mais baratas
+ Busca de japoneses por destinos nacionais cresce 40%, segundo Kayak
+ Kayak Encontros promete facilitar encontro entre pessoas que moram longe

O meta buscador também mostrou quais foram os destinos que mais cresceram em procura em valores percentuais. Neste quesito, Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo lideram o top 10 composto apenas de cidades do Brasil.

Confira:

Destinos em alta (que mais cresceram em % de buscas em relação ao primeiro semestre de 2018)

Cidade

Aumento

1. Rio de Janeiro + 145%
2. Brasília + 139%
3. São Paulo + 131%
4. Recife + 130%
5. Salvador + 129%
6. Maceió + 124%
7. Natal + 118%
8. Florianópolis + 111%
9. Porto Alegre + 108%
10. Porto Seguro + 102%

 

“De qualquer forma, os destinos em alta serem todos domésticos é um sinal de que o câmbio e a instabilidade econômica continuam impulsionando viagens pelo Brasil”, comentou Fleury.


Leia Também:

Cap Amazon integra DMC da Polinésia Francesa ao portfólio
Visit Iguassu busca incentivar captação de novos eventos
Brasil e St. Maarten assinam acordo de céus abertos; confira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here