KLM amplia capilaridade na Itália em codeshare com ITA Airways

Ao todo, o acordo com a empresa italiana dá acesso aos viajantes da KLM para oito destinos novos no Sul da Europa

KLM
(Foto: Divulgação/KLM)

Em novo acordo de codeshare entre KLM e a ITA Airways (que substituiu a Alitalia), a companhia aérea holandesa passa a voar para mais oito destinos no Sul da Europa. A parceria, que permitirá aos passageiros a reserva de bilhetes da KLM para destinos europeus atendidos pela ITA e vice-versa, também torna mais fácil as conexões nos aeroportos de Roma (Fiumicino) e Amsterdã (Schiphol).

Na prática, portanto, os clientes da KLM podem voar para mais destinos na Itália, enquanto a ITA conquista outras rotas no Sudeste europeu. Entre os locais do Sul do continente que entram na malha aérea da empresa holandesa — via Roma — estão:

  • Palermo (Itália)
  • Reggio Calabria (Itália)
  • Bari (Itália)
  • Brindisi (Itália)
  • Lamezia Terme (Itália)
  • Trieste (Itália)
  • Malta
  • Tirana (Albânia)

Os clientes voando para Catânia, Gênova e Veneza terão a opção, além dos voos diretos, de se transferirem para voos da ITA nestes destinos. No lado italiano, o benefício é a entrada da ITA no espaço aéreo de uma série de destinos europeus, principalmente no Reino Unido e Escandinávia.

“É uma ótima notícia que a KLM e a ITA Airways chegaram a um acordo tão rapidamente, permitindo às companhias trabalharem juntas em rotas europeias. A Itália é um importante mercado para a indústria aérea na Europa, tanto às viagens corporativas, quanto ao lazer”, afirma Pieter Elbers, presidente e CEO da KLM.

Deixe uma resposta