KLM volta transportar passageiros de voos partindo do Brasil

Antes, as regras permitiam apenas passageiros de Amsterdã para o Brasil, enquanto seu retorno era usado para transporte de cargas

Brasil

Desde 22 de fevereiro, cidadãos holandeses, do Estado Schengen e outros residentes da UE, equipe médica, marítimos e tripulantes de companhias aéreas estão sendo aceitos em voos do Brasil para Amsterdã, incluindo conexões. A KLM segue operando um voo diário para São Paulo e quatro voos ao Rio de Janeiro (segundas, terças, quintas e sábados).

Nas últimas semanas, devido às novas regras do governo holandês para entrar na Holanda, apenas passageiros de Amsterdã para o Brasil eram permitidos e os voos para a Europa eram apenas para transporte de cargas. Agora, os trechos podem receber passageiros.

A KLM também confirma que os requisitos para entrada no país continuam os mesmos. Um teste PCR negativo feito 72 horas antes da chegada/trânsito na Holanda, um teste rápido (PCR, antigênico ou LAMP) feito no máximo quatro horas antes do embarque e uma declaração de saúde preenchida. Para os passageiros que têm a Holanda como destino final, o período de auto isolamento de 10 dias na chegada também é necessário.

No Brasil, o teste antigênico está disponível em farmácias, como Drogaraia e Drogasil, e o PCR rápida no Laboratório CR no aeroporto de GRU. Em breve, o aeroporto do Rio de Janeiro (GIG) também terá um laboratório que oferecerá os dois testes. Para saber mais onde fazer os testes exigidos, clique aqui.

A KLM lembra aos passageiros que os requisitos de entrada do país de destino final ainda devem ser cumpridos. Os requisitos de viagem para todos os países podem ser verificados neste link. Os passageiros devem verificar regularmente, pois os requisitos podem mudar.

Política de remarcação

Enquanto o mundo continua a lutar contra a pandemia do Covid-19, a KLM entende que os passageiros podem ser afetados a qualquer momento antes ou durante a viagem. Desde o início, a companhia adotou medidas comerciais que permitem o adiamento ou o cancelamento da viagem de um passageiro sem encargos e sem comprovação até 31 de dezembro de 2021.

Os passageiros podem solicitar um voucher de viagem para viagens futuras ou solicitar um reembolso total, se necessário. Para mais detalhes, a KLM convida o agente a consultar no Agent Connect, a versão mais recente da Política Comercial Covid-19 ou o site da KLM.

Deixe uma resposta