Lanche durante os voos: um quarto dos brasileiros que viajam não pagariam

Por: Antonio Euryco

Uma pesquisa que pode servir de alerta para os serviços das empresas aéreas, especialmente aquelas que tem cobrança por refeitos a bordo: 27,42% dos consumidores brasileiros afirmam que não pagariam.

De acordo com uma pesquisa feita pela Skyscanner, 49,71% dos entrevistados disseram que aceitariam pagar pelo lanche se ele custasse até R$ 5. Tal quantia, compraria, no máximo, um chocolate ou um café, considerando os atuais preços.

Interessados em comer algo mais, 15,62% afirmaram que desembolsariam de R$ 5 a R$ 10. Com este valor, poderia comprar um refrigerante em lata ou um pacote de batatas chips.

Enquanto isso, 4,16% afirmaram que gastariam acima de R$ 20 por uma refeição durante o voo. Já 3,08% pagariam entre R$ 10 e R$ 20, valor que daria para comprar um sanduíche e um acompanhamento.

AE

 

Deixe uma resposta