Latam realiza 45 voos China-Brasil no combate à covid-19

De todos os 45 voos, somente um foi realizado em aeronave modelo Boeing 787

Latam Cargo no GRU Airport
Foto: reprodução

Nesta segunda-feira (27), a Latam anunciou o balanço da megaoperação de 45 voos China-Brasil no combate à covid-19. Desde maio a companhia transportou 3,2 mil toneladas de carga, envolvendo 250 milhões de máscaras cirúrgicas e N95, monitores, respiradores, outros insumos hospitalares, além de frutas descarregadas na Europa.

O primeiro voo foi realizado em 3 de maio na rota Guarulhos-Amsterdã-Xangai e, desde então, 300 colaboradores estiveram envolvidos na operação, entre mecânicos (as), despachantes operacionais, pilotos, copilotos, supervisores, coordenadores, planejadores, funcionários(as) de carga e apoio em solo.

Todos os 45 voos da megaoperação foram realizados em cinco aeronaves de passageiros modelo Boeing 777-300ER, que, além de operarem de forma rotativa, ainda foram totalmente adaptadas para comportar cargas até mesmo dentro da cabine. No total, as aeronaves voaram juntas aproximadamente 2.800 horas e dois milhões de quilômetros, passando por 11 fusos horários diferentes ao redor do planeta e utilizando oito destinos para pousos e escalas: Xangai, Guangzhou, Xiamen, Amsterdã, Auckland, Santiago, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Podemos dizer com absoluta certeza que esta operação foi um sucesso. Ficamos muito orgulhosos de, mesmo diante de um desafio como este, inédito para a companhia, conseguirmos nos organizar da melhor forma para cumprir todas as entregas. Agradeço aos nossos profissionais que estiveram focados no trabalho e também aos nossos parceiros pela confiança depositada em nós”, afirma Diogo Elias, diretor da Latam Cargo Brasil.


Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui