Latam Airlines lança voo Santiago-São Paulo a Tel Aviv

0

A partir de agora, Brasil e Israel estarão ainda mais próximos. A Latam Airlines lançou oficialmente o voo para Tel Aviv, que começará a voar a partir de amanhã (12). A nova rota ligará Santiago a capital de Israel, com escala em São Paulo, tendo três saídas por semana.

“Ao ano, Latam irá oferecer 76 mil assentos apenas nesta operação”, revelou o gerente sênior de vendas e e-commerce da aérea, André Sena. Ainda de acordo com ele, a recepção à rota também se mostra promissora: a taxa de ocupação para o voo inaugural será de 90%.

Além disso, as próximas semanas também demonstram uma rota promissora, segundo Senna. “As primeiras semanas de vendas já estão com 85% de ocupação nos voos de ida e volta. Isso é muito animador, visto que é um voo inédito para brasileiros e sul-americanos.”

Potencializador de visitas

Segundo o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, cerca de 55 mil brasileiros viajam para Israel ao ano. Enquanto isso, pelo menos 27 mil israelenses chegam ao País. Ainda segundo ele, com a nova operação, as chegadas de brasileiros poderá saltar para próximo de 70 mil em poucos anos.

Para a diretora do Escritório de Turismo de Israel no Brasil, Renata Cohen, o número que já tem apresentado crescimento, será potencializado. “Não apenas ao Turismo religioso. Israel tem inúmeros destinos e opções de lazer. Agora é o momento de as operadoras conhecerem mais o país e oferecerem novos produtos aos seus clientes.”

Sobre a rota

A operação é o sétimo novo destino da Latam apenas em 2018 e ainda será o primeiro serviço direto que liga a América Latina e Israel. O trecho será operado pelo Boeing 787-8 Dreamliner. Ao todo, são 217 assentos Economy, além de 30 assentos na Premium Business.

Confira os horários:

Ida
segunda, quarta e sexta-feiraSantiagoSão PauloTel Aviv
16h23h16h05
Volta
terça, quinta e domingoTel AvivSão PauloSantiago
18h207h3010h45

 

Além de Tel Aviv, a companhia também tem boas expectativas com as rotas a serem lançadas em 2019. Entre os destinos já confirmados, estão Munique, na Alemanha, Ilhas Falkland/Malvinas, e Montego Bay, na Jamaica. “O objetivo é conectar a América do Sul com o mundo”, pontuou Sena.

Leia mais sobre Aviação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here