Leading Hotels of the World destaca alta de 20% e de membros do Brasil

Todos os novos empreendimentos da Leading Hotels of the World se adequam, ao menos em 80%, aos 800 critérios estabelecidos

0
João Annibale, diretor regional sênior da Leading Hotels of the World
João Annibale, diretor regional sênior da Leading Hotels of the World

A Leading Hotels of the World parece pouco afetada por um ano de alta do dólar e mantém as expectativas em alta. A entidade, que reúne cerca de 400 hotéis de luxo de todo o mundo, deve crescer 20% em reservas em 2019 na relação com 2018 e teve um aumento no número de associados do Brasil, agora com 11 propriedades.

A alta exponencial nas reservas é resultado de um ano de 2018 que teve baixa de 10% em relação a 2017. Porém, já neste ano, a recuperação veio com “juros” e deve superar 2017 em mais 10%.

João Annibale e Sheila Mueller (The Leading Hotels of the World)
João Annibale e Sheila Mueller (The Leading Hotels of the World)

Já as novas adições do mercado brasileiro, agora com 11 propriedades, são em decorrência da expansão da marca Fasano que, recentemente, acrescendo propriedades nas cidades de Belo Horizonte (MG), Angra dos Reis (RJ) e Salvador (BA), tendo agora seis hotéis parte da Leading Hotels of the World.

Todos os novos empreendimentos se adequam, ao menos em 80%, aos 800 critérios estabelecidos. Porém, os parâmetros se alteram e ficam mais rígidos cada vez que o portfólio se expande.

Assim, o número de empreendimentos de luxo que fazem parte da Leading Hotels sempre gira em torno de 400, mesmo que apenas em 2019, cerca de 40 propriedades tenham passado a fazer parte do grupo.

Profissionais do Turismo durante a missão da Leading Hotels of the World em São Paulo
Profissionais do Turismo durante a missão da Leading Hotels of the World em São Paulo

LEIA MAISLeading Hotels of the World premia agentes na República DominicanaHotéis apostam em experiências e divulgam aberturas durante ILTM Latin America
+ Turismo de luxo cresce 30% no Brasil em 2018

De acordo com João Annibale, diretor regional sênior da Leading Hotels of The World, os hotéis estão cada vez mais de olho na possibilidade de se juntarem ao grupo e contarem com o todo o sistema de distribuição e de reservas que são as principais vantagens da entidade, com escritórios no Brasil e nos Estados Unidos.

“A desvalorização do real pesa mas não é um dos fatores mais decisivos para diminuições nas reservas, devido ao nosso público mais seleto. O que mais nos afeta é o meio corporativo que, por vezes, pode deixar de estender um final de semana no hotel, diminuindo as diárias”, destacou.

Leading Hotels of the World – Missão de Vendas Brasil

Os hoteleiros tiveram a oportunidade de mostrar seus diferenciais para os profissionais de São Paulo
Os hoteleiros tiveram a oportunidade de mostrar seus diferenciais para os profissionais de São Paulo

A fim de promover ainda mais as novidades para os agentes de viagens do Brasil, a Leading Hotels of the World promoveu uma missão de vendas ao longo de setembro em Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ) e, por fim, São Paulo (SP), na última quinta-feira (12).

Assim, dentre todas as capitais, a estimativa é que a missão de vendas tenha reunido cerca de 600 agentes e profissionais do turismo que puderam conhecer as novidades de 36 membros da Leading.

“Quanto mais tecnologia mais valioso se torna o contato humano. Os hotéis Leading têm o compromisso de oferecerem experiências diferenciadas e ter o face to face para prover isso ao cliente é essencial e nucna vai acabar”, apontou João Annibale.

Em São Paulo, a Leading Hotels aproveitou ainda para premiar os agentes de viagens do Brasil que mais realizaram reservas nos empreendimentos do grupo. Ao todo 22 pessoas foram premiadas por representarem 23% do volume de reservas do grupo.


Leia Também:
Omnibees fecha contratos durante 57ª Equipotel e reforça parcerias
Nobile destaca nova suíte Ameris durante fórum na 57ª Equipotel
Fórum Brasileiro de Hotéis Independentes reforça aposta em marketing

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here