Localiza apresenta lucro líquido de R$ 103 milhões

Roberto Mendes, diretor de finanças e relações com investidores

A Localiza, rede de aluguel de carros, comunica ao mercado os resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre de 2016 (1T16). A Companhia lucrou R$103 milhões no período, o que representa um aumento de 2,7% em relação ao 1T15. No 1T16, a Divisão de Aluguel de Carros apresentou crescimento de 9,5% em sua receita líquida. Foram 47,139 carros alugados, sendo 43.025 no mesmo período do ano anterior. A rede de agências próprias foi ampliada em três novos pontos, totalizando 323. Somando a rede de agências franqueadas, a Localiza conta atualmente com 565 agências no Brasil e em outros sete países da América do Sul.

Segundo Roberto Mendes, diretor de finanças e relações com investidores da Localiza, a empresa está colhendo os frutos do planejamento e disciplina na execução dos trabalhos. Em um cenário recessivo, a companhia apresentou crescimento em todas as principais linhas de resultado. “Estamos muito satisfeitos com o desempenho no início do ano, mas estamos cientes dos desafios que enfrentaremos ao longo de 2016. Por isso, continuamos trabalhando para a melhoria da nossa capacidade comercial, eficiência dos processos e na gestão dos custos, sem perder de vista a experiência do consumidor”, comentou o CFO.

A receita líquida da Divisão de Gestão de Frotas, que atende clientes corporativos, também apresentou um crescimento de 6,4%. No 1T16, a receita líquida consolidada cresceu 4%, em razão do crescimento de 8,5% nas receitas de aluguel de carros e de frotas. Já o lucro antes de juros e impostos (EBIT, na sigla em inglês) da companhia cresceu 8,7%, ou R$16,2 milhões, em relação ao do 1T15 e totalizou R$202,5 milhões, mesmo no cenário adverso. A margem EBIT do 1T16 da Divisão de Aluguel de Carros foi de 35,6% e da Divisão de Gestão de Frotas de 50,3%.

“A forte posição de caixa e o perfil de dívida colocam a companhia em uma posição mais confortável que os principais competidores. A Localiza mantém confortáveis indicadores de endividamento, estando preparada para passar por este período de crise política e econômica no Brasil e aproveitar as oportunidades de mercado”, concluiu o diretor financeiro.

Informações: www.localiza.com.br

 

Equipe de Redação

Deixe uma resposta