Londres 2012: Ministro é recebido por uma das “embaixadoras” dos Jogos

Por: Roberto Maia

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, está em Londres para o lançamento da nova campanha internacional de promoção turística do país. Hoje, dia 25, ele se encontrou com um dos 70 mil voluntários que estão trabalhando nos Jogos Olímpicos. Alexandra Davies, inglesa, 30 anos, aguarda com ansiedade o início do evento. “Desde que Londres foi a escolhida, eu queria fazer parte desta organização, desse momento histórico”, contou.

 

Na capital inglesa, os voluntários foram chamados desde o início de “game makers” – os responsáveis pelo jogo (os Jogos, no caso). O governo local iniciou o trabalho há dois anos, quando os interessados se cadastraram por um site. Foram 250 mil pessoas que, após uma seleção inicial, participaram de entrevistas e das fases de treinamento. Elas foram distribuídas para diferentes áreas a partir da experiência e currículo.

 

Hoje, os “embaixadores” dos Jogos Olímpicos de Londres têm entre suas atribuições recepcionar os turistas. Oferecem informações básicas da cidade aos visitantes e apresentam a localização de atrativos turísticos e pontos de apoio, como hospitais e unidades policiais.

 

De acordo com Gastão Vieira, o objetivo é que o Brasil aprenda com a experiência para realizar trabalho semelhante nos eventos esportivos que se aproximam, a Copa do Mundo da Fifa 2014 e os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

 

“Temos total interesse em usar a experiência de Londres para nossa organização. Esta mobilização, recrutamento e trabalho de formação junto aos voluntariados fazem parte do espírito dos Jogos Olímpicos, deste momento de integração de culturas e de solidariedade entre anfitriões e visitantes”, afirmou o ministro.

 

Hoje à noite, no County Hall – London Film Museum, o Brasil lançará a nova campanha de promoção turística. O filme “O mundo se encontra no Brasil. Venha celebrar a vida” será exibido para autoridades, jornalistas e representantes do trade internacional. A campanha destaca o país como o cenário ideal para que turistas de todo o mundo se encontrem e troquem experiências.

 

RM

Deixe uma resposta