Lufthansa terá uma express, nova aérea de baixo custo

Por: Antonio Euryco

O Conselho Executivo do Grupo Lufthansa aprovou a criação de uma filial de baixo custo para voos de curta e média distancia e que terá rotas internas na Alemanha e pela Europa. A nova empresa vai fundir as operações da low cost Germanwings com as subsidiárias regionais do grupo.  A nova unidade de negócios terá sua sede no aeroporto de Bonn-Colonia e começará a funcionar em janeiro de 2013.

 

O CEO e presidente do Conselho Executivo da Lufthansa AG, Christoph Franz, informou que  o nome da nova companhia será divulgado nos próximos meses.  O mais provável será o de Lufthansa Express e o mais provável executivo principal deverá ser o atual gerente da unidade de serviços diretos, Oliver Wagner – justamente quem está à frente do plano de ajustes para reduzir os custos dos serviços da Lufthansa.

 

O que já está confirmado é a constituição de uma frota  mixta de 90 aviões e que surge com a proposta de transportar 18 milhões de passageiros no primeiro ano de atividades.  Serão   Boeings 737-300 e Airbus A320 da própria Lufthansa, aviões Bombardier CRJ900 de Eurowings

 

Nos dez últimos anos, a Lufthansa perdeu milhões de euros. A tentativa de reverter esta tendência foi com o lançamento no ano de 2002 da Germanwings, mas que não conseguiu ter uma maior participação e ficou restrita ao ambiente regional.   Outras empresas tradicionais dos grandes grupos europeus também buscam soluções.

 

A Air France desenvolve uma estratégia similar para competir com as empresas de baixo custo dentro do mercado doméstico. Recentemente a Ibéria lançou a Ibéria Express como alternativa para ingresso no segmento. Assim, companhias tradicionais na região da eurozona buscam a disputa com a contração da demanda.

 

AE

 

Deixe uma resposta